No início desta semana uma das duas fisioterapeutas que prestam atendimento domiciliar para a Isabelly foi exonerada e o pai da menina, teme que o tratamento seja prejudicado No início desta semana uma das duas fisioterapeutas que prestam atendimento domiciliar para a Isabelly foi exonerada e o pai da menina, teme que o tratamento seja prejudicado Rodrigo Stutz

Família pede mais atenção para o caso Isabelly Destaque

No início desta semana uma das duas fisioterapeutas que prestam atendimento domiciliar para a Isabelly foi exonerada e o pai da menina, teme que o tratamento seja prejudicado

Isabelly Vitória Pardim de Deus Mello, um bebê de apenas 2 anos e 5 meses foi internada em dezembro de 2013 com um problema no sistema imunológico. Após uma demanda judicial a menina foi transferida para o HC em Curitiba em junho de 2014 onde recebeu a medula da mãe e a  partir daí apresenta constantes melhoras.

A menina ganhou um marca passos diafragmático do Estado e há sete meses recebe tratamento em casa. Esta semana a fisioterapeuta contratada em sistema de comissão foi exonerada e a profissional concursada, Edna Takussu, que já prestava atendimento à menina assumiu as sessões de fisioterapia motora e pulmonar.

Wagner Roberto Mello, pai da criança afirma que Edna informou que serão feitas agora apenas duas sessões por semana, mas o pai teme pela evolução da filha e requer que as sessões continuem sendo diárias.

Edna explica que Isabelly vem evoluindo e é natural que as sessões sejam reduzidas. "Assim como eram as sessões diárias de fisio respiratória e agora são três vezes por semana, o mesmo acontece com as sessões motoras (...) mas é claro que se for necessário serão intensificadas novamente", garante.

ASSISTA

Uma demanda judicial é travada entre a família que conseguiu do Estado através de liminar o direito de "Home Care" (assistência domiciliar). Segundo recurso de apelação o Estado recorreu a decisão e pede que o município arque com as despesas do tratamento. Já o município afirma que é o Estado quem tem condições de manter o "Home Care".

Foi publicado no perfil oficial da prefeitura que no final do dia de ontem (terça 05) o prefeito de Rolândia, Luiz Francisconi Neto (PSDB), esteve pessoalmente na casa da família e se comprometeu em prestar toda a assistência necessária.

Também nas redes sociais, Wagner Roberto Mello, pai da criança ressalta que apenas quer que os direitos de sua filha sejam respeitados. "Existe uma liminar que não está sendo cumprida e é isso que nós pedimos, que se cumpra a determinação da justiça", argumenta.

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

  • Verdadeiro ou falso?

    Essa semana foi protagonizado na internet um pequeno embate entre o ex-vereador e ex-prefeito interino José de Paula Martins e o atual prefeito Luiz Francisconi Neto

  • Bebê morto é encontrado em Rolândia dentro de mala queimada

    Uma criança foi encontrada por populares morta em uma mala queimada na beira da estrada dos Pioneiros, próximo ao Museu Japonês na cidade de Rolândia

  • Criança “fujona” já está em casa

    Atualizado ás 13h55

    Criança “fujona” já está em casa

    Na manhã desta quarta (28), um menino de aproximadamente dois anos foi encontrado andando sozinha pelas ruas do Jd. Pioneiros, por volta 6h30.

    A motorista de uma Van escolar viu a criança e chamou a polícia que encaminhou o menino para o Conselho Tutelar.

    O conselheiro, Luan Amaral informa que os pais já buscaram a criança que está em casa e passa bem. Luan destaca que não foi constatada nenhuma irregularidade e o fato não passou de um acidente. “Porém houve o descuido dos familiares em deixarem a porta aberta”, alerta.

    Segundo ele o menino estava em casa sob os cuidados da irmã de 22 anos. Ele teria acordado por volta das 6 horas e saído de casa enquanto a irmã ainda dormia.


    ____________________________________________________________________________________________________________________________________________
    Ajude compartilhando essa reportagem

    A Polícia Militar informa que um menino de aproximadamente dois anos foi encontrado nesta quarta (28), por volta 6h30, andando sozinho e chorando pelas ruas do Jd. Pioneiros.

    A motorista de uma Van escolar chamou a polícia que encaminhou a criança para o Conselho Tutelar.

    Até o presente momento os pais ou responsáveis não foram encontrados.

    Para maiores informações:

    Polícia Militar: 190 / 43 3255-2566

    Polícia Civil: 43 3255-1883

    Conselho Tutelar de Rolândia: 43 3906-1111 (plantão 24 horas 43 9 9166-0409).

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape