Telefone de Posto de Saúde é cortado por falta de pagamento - Rolândia

Telefone de Posto de Saúde é cortado por falta de pagamento - Rolândia

Publicado em 7 de fev de 2014

 

Nesta última semana um cidadão, através de uma comunidade do Facebook informou que o Posto de Saúde do jardim Nobre estaria sem telefone por inadimplência

Em contato com a operadora de telefonia OI a reportagem do jornal Manchete do Povo confirmou que consta em atraso a fatura com vencimento no dia 24 de dezembro no valor de R$425,49. A linha (43) 3256 7358 está em nome de Rolândia Prefeitura e até a última quarta-feira (05) não foi efetuado o pagamento e por isso o telefone do Posto de Saúde do Jardim Nobre está cortado.

A enfermeira chefe do posto, Arlete Rodrigues não confirmou o corte, mas alegou que estavam com problemas técnicos na linha e por isso não tinha como fazer ligações já há uma semana. Ela relatou que a equipe técnica da operadora esteve nesta quarta realizando manutenção e que tudo voltaria ao normal.

Diversas ligações foram feitas na secretaria e no celular da secretária de saúde, Gisele Freitas. Contato também foi feito com a assessoria de imprensa da prefeitura, porém até o fechamento desta edição a secretária e nem a assessoria retornaram as ligações e e-mails.

Em geral as consultas solicitadas são agendadas e os pacientes são informados sobre o agendamento através do telefone. O questionamento é sobe como estes avisos estão sendo feitos já que o telefone está cortado, porém ninguém da prefeitura quis se manifestar.

A operadora de telefone informou que todas as linhas em nome de Rolândia Prefeitura com vencimento no próximo dia 14 estão em dia estando apenas a do Nobre em aberto.

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

  • Multivacinação começa em todas as unidades de saúde do Paraná

    A Campanha Nacional de Multivacinação começou nesta segunda-feira (11) em todo o Paraná. Até o dia 22 de setembro todas as unidades de saúde do Estado vão receber crianças e adolescentes até 14 anos 11 meses e 29 dias para atualização das carteiras de vacinação. No dia 16 acontece o Dia D da campanha, com unidades de saúde abertas durante todo o sábado para facilitar o acesso da população à campanha.

    “As vacinas são umas das principais formas de prevenção de diversas doenças. Esta campanha é uma importante ferramenta para manter a carteira de vacinação atualizada e garantir a proteção necessária para que nossas crianças e jovens cresçam saudáveis”, afirma o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

    Durante a campanha serão oferecidas vacinas da rotina com o objetivo de melhorar as coberturas vacinais. “Além da proteção à pessoa, a campanha também visa contribuir para a redução de algumas doenças e, até mesmo, manter o controle de patologias que são preveníveis com a vacinação”, informa o chefe do Centro estadual de Epidemiologia, João Luís Crivellaro.

    CARTEIRINHA - É importante que, ao comparecer à unidade de saúde, os responsáveis não esqueçam de levar a carteirinha de vacinação, se houver, e um documento oficial da criança. “Dessa forma, os profissionais de saúde podem verificar o esquema de vacinação e alertar sobre a aplicação das doses que faltam. Porém mesmo sem a carteira, as vacinas necessárias serão aplicadas de acordo com a faixa etária”, explica Crivellaro.

    ADIAR – Em caso de doenças febris graves é recomendado adiar a vacinação até a melhora do quadro. O uso de alguns tipos de medicamentos também exige o adiamento da aplicação das vacinas e deve ser informado ao profissional da unidade. Com exceção da febre amarela e da tríplice viral, as vacinas podem ser aplicadas simultaneamente.

    Os 30 municípios do Paraná que fazem parte da campanha de vacinação contra a dengue devem seguir orientações especiais. Quem tomar alguma vacina deve informar a unidade de saúde para que seja respeitado o intervalo de 30 dias para a aplicação da vacina da dengue.

    Box:

    Confira as vacinas que fazem parte da campanha
    Crianças:

    BCG (tuberculose);
    Hepatite B;
    Pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, meningite e outras doenças bacterianas);
    VIP (poliomelite injetável);
    VOPb (poliomielite oral);
    Rotavírus humano;
    Pneumocócica 10 valente (meningite, pneumonia, otite, sinusite e outras doenças bacterianas);
    Meningocócica C conjugada (meningite);
    Febre amarela;
    Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola);
    Tetra viral ou tríplice viral + varicela (atenuada);
    DTP (difteria, tétano e coqueluche);
    Hepatite A;
    Varicela;
    Adolescentes:
    Hepatite B;
    Febre amarela;
    Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola);
    dT (difteria e tétano);
    dTp acelular (difteria, tétano e coqueluche);
    Meningocócica C conjugada (meningite);
    HPV (papiloma vírus humano).



    Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
    http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

  • Já está no AR as "Rapidinhas do Dia" desta quarta (01)

    SUSPEITO DE TER MATADO MARCELO - POSTOS DE SAÚDE TEM HORÁRIO AMPLIADO - LICENÇA PATERNIDADE - VÍTIMA REAGE A ASSALTO

  • PS é tomado pela água

    Cano estoura e assusta funcionários do Posto de Saúde Central que correm para evitar a perda dos medicamentos estocados

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape