Mais uma vítima do descaso no cruzamento da "Ressurreição"

Mais uma vítima do descaso no cruzamento da "Ressurreição" Destaque

Dona de casa é atropelada após deixar filho na escola nesta quarta (15). Cristiane de Souza Nunes, 32 anos, voltava para casa quando foi atropelada por um caminhão de frango da empresa LCJ Transportes que fazia uma convergência no cruzamento da BR 369, em frente à igreja da Ressurreição, saída para Arapongas

Desconsolado o marido da vítima, Danilo Nunes, 31 anos, relata que por várias vezes já foram feitos pedidos para a instalação de uma passarela neste cruzamento. "Será que somente quando morrer um filho de algum político vão tomar uma providência?", questiona Danilo.

Moradores da região, como o senhor Claudecir da Silva relatam que nos últimos anos foram mais de três mortes por atropelamento além dos acidentes no cruzamento. Élcio de Souza lembra que foram feitos vários protestos reivindicando a construção da passarela. "Um problema antigo que já tirou a vida de diversas pessoas", lamenta Souza.

Nas redes sociais a internauta, Déborah Cristina Marcelo Cipriano questionou: "Meu Deus até quando???? Até quando vamos continuar vendo notícias assim?? Várias pessoas já tiveram o mesmo fim trágico neste local..!! Algo já passou da hora de ser feito, e quem tem o poder pra fazer não faz nada!!!", finaliza.

Dezenas de acidentes, várias mortes e nenhuma solução

De 2010 a 2016, foram registrados no sistema do Corpo de Bombeiros, 21 atropelamentos com 2 mortes, mas fazem parte das estatísticas também outras mortes e atropelamentos não registrados neste mesmo sistema

Como se vê, são vários os acidentes que ocorreram no cruzamento da Avenida Presidente Getúlio Vargas (perímetro urbano da BR-369) com a Avenida Francisco Serpeloni (ao lado da Igreja da Ressurreição). Este cruzamento é a ligação de vários bairros que são divididos pela BR 369, via de grande movimento de carros e caminhões.

No dia 02 de abril de 2011 um manifesto foi realizado pelos moradores que interditaram a via e na época o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) sinalizou a execução de melhorias no local prometendo mais segurança.

Essa informação consta no site do então vereador e presidente da Câmara Municipal de Rolândia, José Danilson de Oliveira que participou do manifesto a convite dos moradores e solicitou providências urgentes através do Ofício nº 044/2011, encaminhado para a Diretoria Geral do DER.

Em nota atualizada nesta quinta (16) o DER informou que; "O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná vai verificar se há falhas na semaforização do cruzamento entre a avenida Francisco Serpeloni e a BR-369. Se houver necessidade pretende trabalhar em parceria com a prefeitura para reforçar a sinalização". O DER, apesar de questionado pela reportagem, não tratou da construção da passarela.

Vítimas fatais de atropelamento devem ser lembradas em protesto neste sábado (Manifestantes paralisam a BR 369 em Rolândia)

Um manifesto está agendado para este sábado (18) com início às 13 horas em frente à Igreja da Ressurreição, saída para Arapongas. Um dos organizadores, Cleber Zambianchi revela que pretende escrever o nome das vítimas no asfalto para lembrar as autoridades o quanto é importante uma solução imediata para o problema.

"Por essa vida ceifada e pelas tantas outras, gostaria de convidar a todos para participarem de uma manifestação pacífica. Para que de alguma maneira possamos cobrar das autoridades competentes alguma solução, mesmo sabendo que isso não a trará de volta, mas verão que ela não será mais uma que ficará em vão", Cleber Zambianchi.

Além dos 21 atropelamentos registrados no sistema do Corpo de Bombeiros, alguns deixando a vítima com risco à vida, quatro mortes marcam o cruzamento da BR369, em frente à Igreja da Ressurreição. E os nomes a serem escritos na BR 369 serão;

- Aparecido de Morais, 55 anos, 26/02/2011 às 11h55

- Francisco Assis Andrade, 63 anos, 08/09/2012 às 18h42

- Marlete Tonchiche, 45 anos, 13/12/2015, domingo a noite

- Cristiane de Souza Nunes, 32 anos, 15/06/2016, quarta feira de manhã

Outros acidentes também fizeram vítimas neste cruzamento: Uma colisão com outro carro tirou a vida de Luciano de Almeida, 36 anos, no dia 13/08/2011 às 23h05.

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

  • Promessa formalizada

    Com mais de 20 anos de profissão já fiz dezenas de matérias sobre acidentes na BR 369, em sua maioria no cruzamento entre o posto Via Sul com a rotatória da Dori.

    Alguns destes acidentes até hoje me impressionam pela violência. Em um deles, um casal vindo de Cambé, ao desviar de um caminhão que cruzava a pista, capotou, a mulher foi lançada fora do carro e o marido preso nas ferragens morreram na hora. Quando paro para lembrar ainda ouço o choro e gritos dos familiares desesperados que chegaram no local.

    Outro caso, um motociclista bateu no rodado da carreta que atravessava a BR e ficou preso embaixo do veículo ainda com vida. Quando cheguei ainda pude presenciar o homem agonizando que morreu sufocado com a trava do capacete.

    Mortes que teriam sido evitadas com uma simples barreira dividindo a pista ao meio, evitando as carretas cruzarem a via.

    Antes tarde do que nunca. Nesta sexta o Secretário Estadual de Infraestrutura e Logística José Richa Filho e o Prefeito Luiz Francisconi Neto assinaram o termo de convênio para a abertura de licitação da obra de revitalização da BR-369, em trecho que compreende 2,1 km de rodovia entre a rotatória da Dori até a trincheira de acesso à Cambé.

    Nos resta agora aguardar o processo burocrático que provavelmente ficará travado durante todo o ano de 2018, por ser período eleitoral. Mas já é um grande avanço e agradecemos o esforço do prefeito e vereadores. Espero em breve retornar no local para um grande evento de inauguração da obra, quando de fato sair do papel.

    Outro ponto que também requer atenção é o trecho próximo à AABB também palco de vários acidentes com morte.

  • Mais uma morte que poderia ser evitada

    O local, que já é palco de dezenas de tragédias volta à cena nesta semana

  • Homem dorme debaixo de caminhão e morre atropelado.

    Para fugir do frio, Jaime Vidal 37, recebeu um cobertor de populares e se abrigou sob o veículo.
    O fato ocorreu próximo ao colégio Presidente Keneedy, o caminhão estava estacionado na Rua Arthur Thomas. 

    01020304050607080937

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape