Na onda no novo Rafael Stutz

Na onda no novo Destaque

O jornal Manchete do Povo sempre tentou estar na vanguarda

Começamos inovando com o projeto gráfico feito no IN Designing logo na primeira edição, há cinco anos, enquanto a concorrência ainda cavalgava no velho pagemaker. (Programas para diagramação do jornal)

Implementamos o QR CODE logo no início e abrimos um novo mundo de possibilidades ao leitor com a opção de assistir as matérias direto do jornal em seu celular.

Investimos em um site multimídia, moderno e responsivo. Inauguramos uma Rádio Web e integramos tudo com as principais redes sociais.

Hoje aprimoramos a forma de levar as informações até os leitores do MANCHETE DO POVO e com mais qualidade nas produções é possível assistir vídeos em alta definição com apenas um clique.

Acesse nosso site www.manchetedopovo.com.br

Curta nossa fanpage em facebook.com/manchetedopovo

Se inscreva em nosso canal no youtube.com/manchetedopovo

Se você ainda não instalou um scaner de QR CODE em seu celular fica a dica

É fácil, no seu aparelho baixe qualquer aplicativo procurando por scaner QR CODE. Aponte para os códigos nas matérias e pronto. Vamos te levar direto para o vídeo e links relacionados.

QR Code: o que é e como usar

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

  • Escola Mun. Monteiro Lobato realiza projeto Educação Digital

    O projeto tem o objetivo de utilizar recursos e aparelhos tecnológicos como ferramenta para aprendizado dos alunos.

    Entre outras especificações a intenção é aumentar de forma significativa o interesse e a motivação dos estudantes permitindo que eles usem recursos tecnológicos e inovadores dentro da escola.

    Para viabilizar o projeto serão usadas as verbas do PDDE e de recursos próprios da APMF na compra de 40 tablets, um xbox com sensor de movimento kinect e um data show.

  • Qual o sentido disso

    Comecei a achar o mundo muito chato.

    Tudo hoje é aprisionado por convenções e regras – e todos acham maravilhoso: Meia porção para não engordar, meio prato só porque não é chique comer inteiro, meio banho para salvar a água do planeta, ser politicamente correto – muito embora não saiba bem o que significa isso.

    Sem falar na necessidade de sabermos de tudo, ter opinião sobre tudo, sobre religião, racismo, política, futebol, etc, etc, etc. E, ai de nós se não concordamos com a opinião dominante – aí meu caro a metralhadora do que é certo (muito embora não se tenha ideia de quem tenha definido quem define isso – pleonasmo proposital) se vira contra e dispara suas balas cheias de moral e ética.

    Falta um pouco de fantasia no mundo de hoje, talvez até de doidice.

    Por óbvio que não prego a loucura geral, mas uma forma de loucura que afaste um pouco a mediocridade da “certeza absoluta”, da “verdade dominante”.

    Atualmente você precisa seguir um roteiro na vida para ser “aceito” como participante da vida na sociedade. Não sei quando decaímos tanto para ter aceitado essas condições.

    Ouvi uma conversa esses dias de que “preciso estar magra para ser bonita”. Quando isso virou realidade? E pior, acreditamos piamente nessa verdade absoluta. Os Shakes e barras de cereais da vida não me deixam mentir.

    Somos hoje escravos de cultura pré-definida, com resposta já pré-esperadas – e ai de nós se saírmos do script.

    Falta um pouco de loucura, de tomar um banho demorado sem culpa pela água do planeta, de comermos um prato cheio sem qualquer culpa, de um pouco de loucura para não sermos iguais em tudo, principalmente na vida.

    Razão tinha os Titãs: “Devia ter amado mais, ter chorado mais, ter visto o sol nascer. Devia ter arriscado mais e até errado mais, ter feito o que eu queria fazer ... Queria ter aceitado as pessoas como elas são, cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração” .

    Loucure-se um pouco, mal não irá fazer.

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape