EMATER alerta sobre cadastramento no Prosolo Divulgação

EMATER alerta sobre cadastramento no Prosolo Destaque

Apesar de aberto desde o ano passado, até agora em Rolândia apenas um produtor fez o cadastro

Está em pleno andamento em Rolândia o Programa Prosolo do Governo do Paraná. O objetivo é, segundo Sheguety Katto, do escritório da EMATER em Rolândia, proteger o solo de todas as maneiras possíveis.

Katto explica que o produtor deverá comparecer no escritório da EMATER portando seus documentos pessoais e escritura do terreno até dia 29 de agosto para fazer o cadastro no Programa Nacional de Levantamento e Interpretação de Solos do Brasil.

Segundo a Secretaria Executiva do Prosolo – Paraná, uma multa poderá ser aplicada pela Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (ADAPAR) caso o produtor não faça sua adesão ao programa Prosolo até a data prevista.

Alguns produtores, independentemente do Prosolo já receberam notificações da ADAPAR por motivos diversos e estes, têm trinta dias após a notificação para fazerem o cadastro. “O ideal é que todos façam esse cadastramento o quanto antes, mas até agora apenas um produtor foi cadastrado”, lamenta Katto.

Gilberto São João, secretário de Agricultura e Meio Ambiente relata que com o plantio direto, muitos agricultores acreditam que não é preciso fazer as curvas de nível, porém sem essa proteção a água gera erosão, estraga as estradas e leva agrotóxicos para os córregos, ribeirões e rios. Ainda diminuem a infiltração da água no solo prejudicando o abastecimento do lençol freático em consequência as nascentes.

Com a conservação do solo aumenta-se a produtividade, o ganho dos agricultores, gera mais ICMS e renda para o município. “O maior ganho em tudo isso é o ambiental”, garante o secretário.

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

  • A vitória que vem do queijo Vitória

    Foto materiaQueijo Vitória consolida diversificação de cultura como opção para aumento da receita das famílias do campo

    Manter-se morando com a família no campo e tirar o sustendo através da produção é para o senhor Mario Torezan, 72, uma grande vitória na vida. O irmão mais velho, dois de seus três filhos e suas famílias moram na propriedade e trabalham com ele.

    No sítio Vitória desde 1953 Mario relata que planta Soja e Milho e produz cerca de 200 litros de leite por dia. O leite é processado e transformado em queijo que torna viável e rentável a propriedade de oito alqueires.

     

    O produtor garante que gosta de morar na área rural, porém tem medo pela falta de segurança que cada vez mais assombra o homem do campo. Para ele outro problema é a falta de estrutura das estradas e carreadores. “Precisamos de mais apoio do poder público”, solicita.

    Mario destaca que somente com maior investimento em políticas para atender a área rural é que as famílias conseguirão se manter no campo.

    Em praticamente todos os mercados da cidade de Rolândia é possível encontrar o queijo vitória, inspecionado pela vigilância sanitária e entregue fresquinho todos os dias.

  • A economia de Rolândia passa pelas estradas rurais

    Os agricultores afirmam que boa parte das estradas rurais estão em condições ruins, pedem mais agilidade do poder público na manutenção

  • Sindicato rural recebe comitiva de australianos

    No ultimo dia 11 de agosto o Sindicato Rural recebeu uma comitiva de agricultores da Austrália. Vieram conhecer as boas práticas agrícolas de Rolândia cuja agricultura é conhecida mundialmente pela sua produtividade. Foram recebidos com uma apresentação do sócio do Sindicato Herbert Bartz que é referência mundial na tecnologia do plantio direto, sendo um dos pioneiros dessa tecnologia no Brasil.

    Na sequencia, visitaram a propriedade da família Vanzella em São Martinho, onde puderam conhecer a logística empregada na recepção de grãos e também lavouras de trigo. Na fazenda foram recepcionados pelo senhor Nico,  sua esposa Luzia e o filho Marcelo Vanzella, além do gerente local da Cocamar Bernélio Orsini.

    Também visitaram a propriedade do sócio do Sindicato, José Vanildo Bizetto onde foram conferir o plantio do milho em consórcio com a braquiária.

    O líder do grupo de australianos, Bill Crabtree, afirmou ao final das visitas de que estará levando novos e importantes conhecimentos para a Austrália e que ficou muito impressionado com o alto nível tecnológico empregado no município.

    Untitled-2 copy

     

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape