Um mal necessário

Um mal necessário Destaque

Os brasileiros reclamam, e com razão, da corrupção e desigualdade social no país. Mas adora levar vantagem na hora de furar fila, o sinaleiro e até mesmo fazer gatos de energia e água.

Medidas impopulares que a maioria das administrações públicas tem medo de tomar geram justiça fiscal, mas quando tomadas a população arrepia e solta o veneno.

E com razão, com os serviços públicos cada vez piores fica difícil aceitar aumentos nos impostos. Saúde precária sem médicos e remédios, transporte caindo aos pedaços, educação medíocre e segurança pública praticamente inexistente.

Em Rolândia a arrecadação em IPTU tem previsão de 18 milhões, certo que desse valor apenas metade acaba se concretizando. Agora com a atualização feita através do georreferenciamento os valores arrecadados devem aumentar em 30%. O que em tese é bom, mas na prática ainda precisamos aguardar para ver se o valor a mais de fato vai retornar em serviços essenciais, como no serviço de manutenção da malha asfáltica.

O rolandense, que anda nas ruas esburacadas agora vai pagar mais IPTU na esperança de uma justiça fiscal que de fato traga melhorias para a população.

O georreferenciamento será ruim para aqueles que não declaram a verdadeira medida do seu imóvel, mas para aqueles que declaram em nada vai mudar.

Bom para uns, ruim para outros e uma incógnita para todos!

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape