Vamos conversar!

Vamos conversar! Destaque

Mês passado teve como uma de suas campanhas o Setembro amarelo que é um movimento mundial que objetiva conscientizar a população sobre a realidade do suicídio e mostrar que existe prevenção em mais de 90% dos casos.
 Resolvi falar um pouquinho sobre esse assunto mesmo que o mês tenha acabado porque andei lendo alguns assuntos e me identifiquei com alguns pontos e achei interessante falar sobre com vocês!

Você sabia que a causa número 1 de suicídios é a depressão? Segundo o site Saúde mental de Ricardo Spinoza, a depressão é uma doença ou um distúrbio afetivo, que atinge a humanidade desde suas origens, atingindo a autoestima, também o sentimento de inferioridade, tristeza, pessimismo, combinando entre si e aparecendo com extrema frequência.

Ela é uma doença sempre silenciosa e difícil às vezes de perceber. Não fica estampado na cara apesar de sempre dar alguns indícios. A pessoa não fica se arrastando pelo chão, chorando o dia todo. Ela tenta esconder, chora sozinha, tenta sempre sorrir quando na verdade lá no fundo está desesperada para alguém perceber e lhe ajudar. Mas falar e pedir ajuda soa falso e dramático então por isso tenta esconder dando apenas pequenos sinais.

Fique atento aos seus amigos, parceiros e familiares. Eles estão muitas vezes lá gritando socorro com os olhos, basta prestar atenção aos sintomas e abrir a mente.

Sintomas

Diferente do que pensam muitas pessoas a falta de sociabilidade e interesse social não são causas da depressão e sim uma consequência da doença que já existia.

Ansiedade, angustia, falta de interesse social;

Desanimo;

Humor depreciativo;

Sentimentos de medo, indecisão.

Picos de irritabilidade

Hoje com o avanço da medicina e da tecnologia permite que os tratamentos para essa doença se tornem cada vez mais eficazes, hoje existem aproximadamente mais de 30 remédios para tratar a depressão.

Com a internet e o aumento de informações, vem sendo cada vez mais desmitificado os mitos dos efeitos colaterais dos remédios feitos para esses tratamentos.

A depressão, infelizmente, é uma doença que não tem cura, tem apenas o tratamento, que deverá ser feito por toda vida, para que não haja mais, ou diminua os episódios de crises de depressão.

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

  • CMEIS poderão atender somente em meio período

    2,4 milhões é o valor acumulado em multa que a prefeitura poderá ter que pagar por não oferecer vagas para todas as crianças do município na educação infantil. A cada mês que passa o valor aumenta em 200 mil e o executivo estuda a possibilidade de reduzir para meio período o atendimento das creches para aumentar o número de vagas

    Uma Ação Civil Pública ingressada em 2014 pela 3ª Promotoria de Justiça de Rolândia exige que a prefeitura atenda a todas as crianças do município, como rege a constituição federal. Porém o executivo alegou na época não ter condições de cumprir a determinação e recorreu, porém, perdeu e em 12 de agosto de 2015 a juíza Nayara Rangel Vasconcellos deliberou que o gestor público criasse vagas para atender a lista de espera que chega a 1.100 crianças.

    Na sentença ainda ficou estipulada uma multa de 200 mil reais para cada mês que a prefeitura não cumprisse a determinação. Mais de um ano se passou e a multa acumulada chega a 2,4 milhões.

    A 3ª Promotoria de Justiça de Rolândia, através do Dr. Evandro Augusto Dell Agnelo Santos, explica que a ação já transitou em julgado no ano passado e agora ele está executando a sentença o que pode determinar o pagamento da multa caso não seja aberta as vagas nas creches. “Segundo o próprio município hoje nós temos 50% das crianças fora das creches”, aponta.

    O secretário de Educação, Claudio Martins de Pinho, relata que atualmente o município atende cerca de 2.500 crianças de 0 a 5 anos em nove CMEIS (Centros Municipais de Educação Infantil) em período integral. Estima-se uma lista de espera não oficial de 1.100 crianças, porém ele afirma que o corpo técnico da secretaria ainda está fazendo o levantamento exato. “Depois de verificarmos qual exatamente é a demanda reprimida vamos tomar as devidas providências para o cumprimento desta sentença”, ressalta.

    O secretário garante que acomodar todas as crianças é uma ação que demanda grande investimento e a atual administração está há poucos meses no cargo, então não tem como construir mais CMEIs e contratar mais profissionais em tão pouco tempo.

    Uma das últimas alternativas seria a redução do atendimento para meio período abrindo assim o dobro de vagas, mas o secretário garante que essa solução somente será tomada se não tiver outra forma de cumprir a sentença, visto que o prejuízo para o erário seria enorme diante da multa determinada. “É uma preocupação do prefeito manter a creche em período integral”, reafirma.

    No dia nove do próximo mês está prevista uma audiência de conciliação no fórum de Rolândia com objetivo de definir as ações que deverão ser tomadas para evitar o pagamento da multa e atender o MP. “Estamos tomando toda a cautela em atender a sentença de modo responsável”, finaliza o secretário.

  • Obra de melhoria interrompe o abastecimento em bairros de Rolândia

    A Sanepar informa que, em função de obra de melhoria na rede de distribuição de água, haverá desabastecimento de água em bairros de Rolândia neste domingo, 24. O serviço será realizado das 7h ao meio-dia. A normalização do abastecimento deve ocorrer de forma gradativa durante a noite.

    Os bairros afetados por essa obra são: Jardim das Flores, Santa  Mônica 1, 2 e 3, Asteca 1, 3 e 4, Vale Verde, Santana,  Caviúna,  Imperial,  Jardim das Hortências,  Arnaldo Busato, Jardim Santa Terezinha, Roland, Teresópolis e Casa Grande.

    A Sanepar pede para que a população faça o uso racional da água, para que o sistema seja normalizado o mais rápido possível. Moradores de imóveis que possuem caixa d’água não deverão sofrer desabastecimento. A Sanepar lembra que, de acordo com norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), cada imóvel deve ter caixa-d’água com capacidade para atender as necessidades dos moradores por, no mínimo, 24 horas.

    O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula. Mais informações no site:www.sanepar.com.br.

  • Aluguel Social encerra dia 12 de julho

    No mês de junho a prefeitura deverá fazer a prestação de contas referente aos R$ 103 mil enviados pelo Fundo Estadual de Assistência Social destinado à secretaria municipal em função do decreto de Calamidade Pública expedido em janeiro

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape