Audiência pública irá discutir renovação de pedágios

Audiência pública irá discutir renovação de pedágios Destaque

A Frente Parlamentar Contra a Prorrogação dos Contratos de Pedágio da Alep (Assembléia Legislativa do Paraná) promove nesta quinta-feira (19), a partir de 19h, no Centro Cultural Nanuk, em Rolândia, uma audiência pública para discutir a prorrogação do contrato das concessionárias com o governo estadual. A renovação está prevista para 2021. De acordo com o vereador João Ardigo (PSB), um dos organizadores do encontro, o debate será propício para boa parte dos rolandenses que estão envolvidos com o Movimento Tarifa Zero. "Queremos a isenção para todos os moradores", cobrou o parlamentar.

Sem avanços, rolandenses que vão para Arapongas continuam pagando cerca de R$ 8. O valor é menor para quem faz o caminho inverso. A prefeitura acordou com a Viapar um desconto de mais de 70% a motoristas, além da cobrança de R$ 1 para motociclistas. Enquanto isso, a estrada alternativa antigamente usada para desviar do pedágio, a Estrada do Ceboleiro, permanece interditada. Por várias oportunidades, integrantes do Tarifa Zero travaram uma intensa queda de braço com a Viapar, que fechou a via.Segundo ele, as negociações entre a Prefeitura de Rolândia e a Viapar, concessionária que administra o pedágio na BR-369, na divisa com Arapongas, não avançaram. "A administração municipal notificou a empresa pedindo os mesmos benefícios concedidos aos araponguenses. Porém, pelo o que estou acompanhando, nenhuma resposta foi enviada. Se a Viapar não concordar, vamos ingressar com uma liminar pedindo os mesmos direitos", apontou.

Fonte: 

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

  • Outubro Rosa ganha mais uma força

    Esteticista faz campanha e doa maquiagem e lenços ao Hospital do Câncer

    Jéssica Yumi, esteticista em Rolândia organizou uma campanha para arrecadação de fundos com objetivo de adquirir produtos de beleza e estética a fim de melhorar a autoestima das mulheres que sofrem com o câncer. “A ideia surgiu porque sabemos o quanto a mulher é vaidosa e queria de alguma forma trazer a beleza delas de volta”, explica Yumi.

    O dinheiro foi arrecadado através de doação em caixinhas feitas gratuitamente pela empresa Gift Placas e colocadas em vários pontos do comércio como na Padaria Roland.

    Com a quantia final ela comprou batons e lenços para cabeça que foram entregues no Hospital do Câncer no último dia 25, com a ajuda de sua amiga Rosana Salgueiro. “Não tem preço que pague ver a alegria de volta nos rostos delas ao serem maquiadas e ao colocarem os lenços. Foi gratificante demais. Gostaria de agradecer a todos que ajudaram de alguma forma, clientes e amigos”, comemora Jéssica.

    materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 1materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 2materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 3materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 4materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 5materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 6materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 7materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 8materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 9materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 10materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 11materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 12materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 13

  • Para escapar de pedágio, Rolândia entrará com ação judicial e estuda construir estrada alternativa

    A Prefeitura de Rolândia e a concessionária de estradas Viapar encerraram as negociações para que o município integrasse o programa Tarifa Zero. Em entrevista à rádio Paiquerê AM, na última sexta-feira, o vereador de Rolândia, João Ardigo (PSB), informou que agora a prefeitura estuda a possibilidade de se construir uma estrada alternativa ao pedágio – que não seja bloqueada posteriormente pela concessionária – além de entrar com uma ação judicial.

    Além da construção da estrada, Ardigo conta que o prefeito de Rolândia, Luis Francisconi Neto (PSDB) entrará com uma ação judicial. “O prefeito atendeu os vereadores e o movimento Tarifa Zero e ele vai entrar com uma ação judicial, através da assessoria jurídica do município, pedindo os mesmos direitos que Arapongas conseguiu”, afirma o vereador à rádio.De acordo com o vereador, a prefeitura quer aproveitar a estrada conhecida como Igrejinha para construir a via alternativa. Essa estrada dá acesso ao município de Arapongas por meio de um desvio que chega à rodovia PR-444, próximo ao posto de combustível Malaquias.

    Arapongas é o único município que conseguiu o desconto do pedágio. Por meio de um acordo com a Viapar, os motoristas pagam R$ 1,70 ao invés de R$ 8,20.

    Com informações do Portal Paiquerê. / fonte: 

     

     
     
  • Espetáculo teatral acontece em Rolândia neste domingo com apoio cultura do Supermercado Boa Compra e Jornal Manchete do Povo

    A comédia romândtica “Quase cinquenta tons de cinza” tem o apoio do jornal MANCHETE DO POVO e promete fazer você perder o controle de tanto rir

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape