Rolândia em Defesa da Família

Rolândia em Defesa da Família Destaque

Líderes religiosos, católicos e protestantes, sociedade civil organizada e comunidade organizam um grande manifesto em defesa da Família

Diante das inúmeras polêmicas envolvendo crianças, relacionadas à arte com nudismo em praça pública, pedofilia, suicídio, ideologia de gênero entre outros temas contrários aos conceitos tradicionais da família, um grande manifesto está previsto para acontecer no próximo dia 26 de novembro.

O evento está encabeçado por um grupo de pastores e padres que na última quarta (08) se reuniu no NANUK para definir a pauta do manifesto, estiveram presentes pastores, padres, vereadores, o vice-prefeito e representantes de várias lideranças da cidade.

A programação foi acertar os horários dos cultos e missas para que no dia 26 terminem na mesma hora e os membros das igrejas se juntem com todos aqueles que tenham o mesmo pensamento em defesa da família e das crianças na praça Castelo Branco às 18 horas.

Toda a comunidade está convidada a participar do movimento.

Para mais informações CURTA e COMPARTILHE a página facebook.com/rolandiaemdefesadafamilia

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

  • Oktoberfest segue sem prestação de contas

    Sem receber pelo serviço de decoração, prestadora de serviço contratada pela festa deixa de retirar os enfeites nas ruas e prefeitura acaba tendo que assumir o ônus do trabalho que deveria ser pago pelos organizadores do evento

    O secretário de Infraestrutura, Wanderlei Massuci, revela que o prefeito solicitou a ele a retirada dos enfeites da Oktoberfest que estavam na Av. Interventor Manoel Ribas. Segundo Massuci a pessoa contratada para fazer a decoração da festa também deveria retirar os enfeites da rua após o término do evento, porém alega não ter recebido os valores contratados e por isso não fez a retirada dos adereços.

    Após publicação do internauta, Anderson Buss Cardoso nas redes sociais cobrando providências, o jornal Manchete do Povo compartilhou o pedido que logo teve a participação de várias pessoas reivindicando explicações.

    Cristiano Moreira Qual a dificuldade técnica para a remoção da decoração? Quais as implicações administrativas? Ou melhor: Há alguma justificativa para a inércia?

    Alexandre Alves Me seguro para não fazer comparações, pois posso ser injusto, mas alguns erros são tão primários. Duvido que estes enfeites não dariam para serem reaproveitados se tirados antes de estragarem.

    A redação tentou contato com a diretoria da festa, mas o telefone informado só “caiu” na caixa postal. O Objetivo é saber quanto foi gasto com a decoração, de onde veio o dinheiro e se realmente a responsável contratada não recebeu o combinado.

    Esta prestadora de serviço também não foi localizada, até o fechamento da edição impressa do Jornal Manchete do Povo.

    Há quase um mês do término do evento ainda não foi pulicada a prestação de contas e não se sabe quanto foi gasto em recursos públicos do município para apoiar a festa.

    Questionado em outra oportunidade, Amilton Neno da Silva, presidente da Comissão Organizadora da Oktoberfest de Rolândia, garantiu que passará a prestação de contas para a imprensa assim que estiver pronta e responderá os questionamentos do MANCHETE DO POVO em entrevista.

    O secretário de Cultura, Fernando Pina explica que da sua pasta não teve verbas despendidas, mas recursos humanos com o trabalho de servidores cedidos para a organização da festa, ele acredita que o maior gasto teria sido com o trabalho da secretaria de Infraestrutura. Por sua vez, Wanderlei, secretário da infra, ressalta que também só teve apoio através de recursos humanos.

  • Fatos e Notas

    MANIFESTO: Está marcado para o próximo dia 26 de novembro o manifesto “Rolândia em Defesa da Família” às 18:00 horas na Praça Castelo Branco. A iniciativa vem sendo bem recebida entre as Comunidades Católica, Evangélica, Associações e Clubes de Serviço. O objetivo do Movimento é se posicionar contra o avanço da pauta “politicamente correta” na mídia e no sistema educacional, em defesa da Família Tradicional, contra a ideologia de gênero e a sexualização infanto-juvenil. A inclusão do Programa Escola Sem Partido na pauta é uma forma inteligente de dar efetividade às reivindicações do Movimento. Parabéns aos organizadores: É hora de somar esforços!

    IDEOLOGIA: A Confederação Maçônica do Brasil (COMAB) entidade representativa dos Grandes Orientes Estaduais, também reafirmou seu Compromisso em defesa da Família, contra a ideologia de gênero e a sexualização precoce de nossa Infância e Juventude. A Carta de João Pessoa é um corajoso Manifesto em defesa dos valores morais do Povo Brasileiro e um apelo contra o império midiático do “politicamente correto” onde certos grupos procuram impor, arbitrariamente, sua cultura e agenda a toda Sociedade.

    SINDICALISMO: O Presidente Michel Temer jogou uma pá de cal na pretensão dos sindicatos de ressuscitar (via Medida Provisória) o famigerado imposto sindical. Doravante, com a entrada em vigor da Reforma Trabalhista, os sindicatos não poderão descontar a contribuição dos trabalhadores não filiados. Entretanto, os sindicalistas não estão dispostos a largar a teta. Deputados ligados as centrais sindicais tentarão ressuscitar o imposto por meio de projeto de lei. Eles querem delegar às assembléias o poder de instituir a cobrança compulsória das categorias regidas por acordos coletivos. Olho neles!

    ESCOTISMO: Há meio século, o saudoso Feliciano Guedes de Carvalho e alguns amigos fundaram o Grupo Escoteiro Guarani e possibilitaram que milhares de jovens rolandenses fizessem suas Promessas para com Deus e a Pátria. Desde então, centenas de acampamentos, gincanas e campanhas foram desenvolvidas em prol da nossa juventude e comunidade. Ingressei no Movimento em 1989 e sou testemunha deste belíssimo trabalho. Nossos parabéns a todos os Chefes, Diretores e Pais que, ao longo destes 50 anos, dedicaram seu tempo e trabalho em prol dos ideais da Fraternidade Escoteira! 

  • EDIÇÃO 286

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape