Luiz Renato Hauly

Luiz Renato Hauly Destaque

"Todos os seus sonhos podem se tornar realidade se você tem

coragem para persegui-los" – Walt Disney.

 

Portugal de portas abertas

Portugal anunciou o lançamento de um visto de residência especial para empreendedores da área de tecnologia e inovação. O programa, batizado de "Startup visa", começará a aceitar inscrições em 1º de janeiro de 2018. Podem tentar o visto quem tem o projeto de criar –ou de transferir– empresas inovadoras para Portugal. Os candidatos ao visto especial terão de cumprir uma série de pré-requisitos quanto à qualidade das empresas. Segundo o governo português, as atividades de bens e serviços devem ser inovadoras e ter potencial de geração de emprego qualificado.

País das Start-ups

Nos últimos anos, Portugal tem investido na proposta de se tornar um hub tecnológico na Europa. O novo programa de vistos pretende seguir exatamente nesse sentido. O objetivo deste programa é um dos mais inovadores do continente europeu para atração e captação de talento internacional.  Portugal sediou nesta semana o Web Summit, reunindo quase 60 mil pessoas de várias nacionalidades em Lisboa com a presença de grandes nomes e empreendedores do ramo de tecnologia.

E o Twitter mudou

Consagrado por ser um instrumento ágil de comunicação, oferecendo espaço de apenas 140 caracteres para postagens, o Twitter decidiu ampliar o espaço para 280 caracteres. O principal argumento para a mudança é a busca por facilitar o uso da plataforma, permitindo que usuários postem mais rapidamente, sem se preocupar tanto com edições para se enquadrar no tamanho permitido. A empresa vinha realizando testes com usuários para avaliar a decisão.

 Uber dos caminhões

A CargoX, conhecida informalmente como “Uber dos caminhões”, anunciou um novo investimento de peso. O aporte série C, no valor de 20 milhões de dólares (na cotação atual, cerca de 65 milhões de reais), foi liderado pelo megainvestidor George Soros, pelo banco Goldman Sachs e pela empresa de tecnologia Qualcomm. Essa é a primeira vez que Soros investe em uma startup brasileira, segundo o empreendimento. Com o novo aporte, o objetivo é aumentar a equipe e refinar a solução que conecta caminhões ociosos e empresas com necessidade de transporte.

Visão de negócio

Procurando uma ideia de negócio, o argentino Federico Vega enxergou um grande gargalo no setor de transportes brasileiro devido a grande quantidade de caminhoneiros e, ao mesmo tempo, empresas grandes com receio de fechar acordos com negócios de menor escala que partiam para contratos custosos com transportadoras mais reconhecidas. A startup, que tem um ano e oito meses de vida, já possui 250 mil caminhões cadastrados e atende 1000 empresas – desde gigantes, como a Unilever, até pequenas. O aplicativo intermedeia, em média, de 500 a 600 entregas por dia.

 

Inovação no transporte

Começou a funcionar em Jundiaí (SP), o sistema de pagamento por cartão de débito e crédito em linhas de ônibus do terminal Vila Rami. A ação tem como objetivo oferecer mais uma opção de pagamento aos passageiros e minimizar a circulação de dinheiro no transporte público, aumentando a segurança dos passageiros e motoristas. Inicialmente, o sistema funcionará em dez ônibus e posteriormente será expandido para os outros 270 veículos da cidade. 

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape