CURTA E COMPARTILHE

CURTA E COMPARTILHE Destaque

Está sendo organizado para o dia 26 um grande manifesto intitulado “Rolândia em Defesa da Família”, e todos são convidados a participar.

As igrejas evangélicas e católicas se mobilizam em resposta às polêmicas que estão acontecendo nos últimos meses que começaram com a exposição de arte promovida no Banco Santander RS pago com dinheiro público através da Lei Rouanet.

Para quem não se lembra, esta “mostra” vilipendiava objetos de culto cristão e fazia apologia à pedofilia e zoofilia e por isso recebeu críticas de movimentos religiosos e do Movimento Brasil Livre (MBL), que conseguiram o cancelamento pelo Santander Cultural.

Como toda desgraça não é pouca e sempre vem acompanhada, novas demonstrações artísticas começaram a aparecer pelo Brasil. Mãe levando a filha pequena para tocar em homem pelado no teatro, rapaz urinando em uma menina nua em praça pública entre outras aberrações artísticas.

E como o mundo está cada vez mais globalizado estes devaneios dos grandes centros não demoram para tomar o interior do país e em nossa região apareceu o peladão numa bolha de ar em pleno parque do Lago Igapó. Na cidade vizinha de Cambé uma infeliz exposição tomada como trabalho escolar colocava bonecas enforcadas e ensinavam as crianças técnicas de aborto e suicídio. Tanto fez que a professora e o diretor da escola foram afastados.

Fato é que toda expressão artística e manifestação de ideia, crença e pensamento é livre, porém desde que não ultrapasse os direitos do próximo.

Se manifestar em local fechado é diferente que expor em locais públicos ao alcance das crianças. E por isso defensores da família tradicional começam a se manifestar em defesa destes princípios e de nossas crianças.

Pregamos o amor ao próximo, mas reivindicamos o direito de proteger nossas crianças e a família tradicional destas aberrações, imoralidades e ataques aos princípios cristãos.

Cada um escolhe o caminho que deseja e ninguém é obrigado a se deparar com pessoas peladas no meio da rua ou ter que policiar a escola para não ensinar suicídio e aborto aos nossos filhos.

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape