Novembro Azul

Novembro Azul Destaque

Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata[1].

Além de conscientizar a respeito do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças comuns em homens, o Novembro Azul também veio com a ideia quebrar o preconceito que muitos homens têm em relação ao exame de toque.

O câncer de próstata é o tipo de câncer mais incidente em homens. A próstata é uma glândula localizada abaixo da bexiga, à frente do reto. Ela produz até 70% do sêmen, sendo indispensável para a fertilidade.

A maioria dos casos ocorre em homens com mais de 65 anos de idade, por isso os exames preventivos devem ser iniciados por volta dos 45 anos, especialmente quando há fatores de risco como pertencer à raça negra e ter histórico familiar de câncer de próstata.

Vale lembrar que, nas fases iniciais, o câncer de próstata não causa sintomas. De fato, 95% dos casos de câncer de próstata já estão em um estágio muito avançado quando seus primeiros sinais aparecem.

Como participar

Se você, sabendo da importância da prevenção, deseja participar no Novembro Azul, aqui vão algumas dicas:

Deixe o bigode crescer durante o mês de novembro! Se alguém perguntar, você já sabe o que dizer;

Utilize roupas e acessórios azuis durante todo o mês para chamar a atenção para a causa;

Pesquise sobre o câncer de próstata e se informe melhor sobre a doença;

Ajude a desmistificar o exame de toque retal e incentive os amigos ou parentes mais velhos que nunca tomaram as medidas preventivas;

Participe de eventos em apoio à causa;

Se você é dono de um negócio, faça uma promoção na qual uma parcela do valor arrecadado será doado para uma instituição de pesquisa e tratamento;

No site da Movember Foundation, você pode se informar sobre outras maneiras de se engajar!

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

  • Politicamente é um s... Ops, não pode mais falar ou escrever, tem que fingir!

    Há algum tempo, minha coluna falava sobre o politicamente correto e fui alvo de crítica na câmara de vereadores. Mas a cada dia está pior, e os temas do politicamente correto só crescem. Não podemos falar de mais nada, tudo é homofobia, preconceito!

    Está um saco viver nessa sociedade. Como disse um pastor que admiro demais: “Está uma bagunça. Sodoma e Gomorra perderam feio para os dias de hoje”! Meia dúzia de pessoas revoltadas quer impor à toda sociedade a libertinagem, o pode tudo, libera geral. A forma como fui criada até hoje eles querem colocar como errado e até mesmo como crime.

    É tanto assunto variado que não consigo nem centralizar um. É mídia tentando enfiar goela abaixo a homossexualidade, é gente que acha que é artista querendo esfregar na cara de todos o nudismo, a esquerda querendo liberar sexo para todas as idades, ou seja, querem que tudo seja normal, libera tudo.

    Meu marido reagiu a uma postagem das redes sociais essa semana e nem mesmo os “esquerdopatas” conseguiram responder. A postagem se referia à prisão de um rapaz que abusara sexualmente de uma mulher no ônibus. Ele então reagiu de forma sarcástica. “Não tem que prender ele não, deixa livre. A moda agora não é liberar tudo? Sou obrigado a passear com minha família no parque e ver gente pelada na rua, o Juiz disse que não era crime um rapaz ejacular na cara de uma moça no ônibus, fazer uma roda e girar um com o dedo no ânus do outro é arte. Então pra que prender, libera o cara. Libera tudo, não é isso que vocês querem?” Ninguém mais respondeu, acabou a discussão.

    Passou da hora das igrejas se levantarem e acabarem com essa zorra. Não é uma minoria sem escrúpulos que vai impor a bagunça. Homem é homem e mulher é mulher. Quer ser? Ótimo! Mas não nos obrigue a ser também e nem querer inverter que os errados somos nós. Como diz meu marido, um homem pode até virar mulher, mas vai para o resto da vida ter que fazer exame de próstata e ponto. É biológico. Vai continuar cromossomo XY.

    Vamos nos levantar e nos defender. Que Deus nos dê força para lutar porque vamos precisar!

    e6f2db0c-8b8d-4a40-b3e4-05dd627f272a

  • Politicamente correto é um saco!

    monteiro lobato

    O mundo de hoje está um saco, as pessoas estão muito chatas e tudo por causa do "politicamente correto". Ninguém mais pode falar nada, dar opinião ou expressar suas idéias sem que alguém olhe torto e analise cada palavra do que foi dito muitas vezes seletivamente. As pessoas hoje só se preocupam com o que os outros vão achar, se o que disser não vai dar problema e até processo que hoje está na moda né?


    Piadas muito antigas hoje são moralmente proibidas porque usam palavras que ofendem uma raça ou credo. Sendo assim o mundo ta sem graça, perdeu-se o senso de humor. Escrever em colunas de jornal hoje vira alvo de moção de repúdio porque a opinião foi um pouco mais acalorada.


    Qual o problema de falar "negro"? Não é a raça? Ah não, hoje tem que ser dito afro descendente. E desabafar dizendo que está de saco cheio dos traficantes, que quer que eles sumam do dia pra noite apenas como forma de expressão pois ficam na porta da sua casa te encarando e te privando de circular em paz como se você fosse o bandido? Imagina, eles são vítimas da sociedade, devem ser cuidados e compreendidos.


    Brincar com um colega tirando sarro talvez de sua religião ou crença, só de sacanagem mesmo? Até pode mas fala baixo porque vai que alguém escuta.


    Quer saber? Que me perdoem meus leitores, mas estou de saco cheio do politicamente correto.


    Coisa de gente à toa que não tem um bom terreno pra carpir e nem uma pia de louça pra lavar. Vão procurar o que fazer, arrumar um trabalho digno pois não passam de falsos moralistas.


    O mundo precisa voltar a ter mais senso de humor, mais alegria, mais leveza e parar de se preocupar tanto com que os outros pensam ou deixam de pensar. Brincar, relaxar.


    Chega de chatice, vamos voltar a sorrir.

     

  • Já dizia o ditado: "Quer conhecer uma pessoa? Dê poder a ela!"

    A palavra de um homem não se vale de mais nada nos dias de hoje. A expressão "fio do bigode" está fora de moda. Muitos perderam a honra, o caráter, a dignidade.

    Vocês devem estar pensando: "Pronto, lá vem ela falar de eleição e dos candidatos". É aí que muitos se enganam porque vou e não vou falar deles. Ta, sei que parece confuso, mas quero dizer que eles se encaixam no meu raciocínio mas não são exclusividade dessa coluna.

    Muito difícil pedir para as pessoas participarem da política hoje em dia. Eu mesmo tentei entrar, participar, ser ativa, mas quanta decepção. UTOPIA acho que seria a palavra ideal. Tudo que agente imagina, luta, sonha e acredita não se encaixa nessa triste realidade.

    Conheci muitas pessoas, fiz muitos amigos (uns nem tanto), me encantei com idéias nesse meio. Mas também me decepcionei muito. Tudo muda muito depressa nesse cenário. Os inimigos, viram amigos da noite pro dia, puro jogo de interesse. Consideração? Essa palavra inexiste no vocabulário político. Lealdade então, nem se fala.

    Mas a palavra que mais tenho visto ultimamente e agora sim destaco a eleição: HIPOCRISIA.

    Candidatos inimigos no passado hoje passeiam de mãos dadas, como acreditar nisso? Simplesmente pelo poder, pela ganância. Falar de Deus, invocar o nome do Pai, virou moda na campanha. Lavem suas bocas com sabão antes de pronunciar Seu santo nome em vão, ou vão direto pro inferno. Com isso explico o porquê da hipocrisia.

    As equipes que rodeiam as estrelas deste triste espetáculo, não ficam atrás no quesito tudo pelo poder. Todos fazendo de tudo por uma fatia do bolo.

    "O poder corrompe, só conhecemos o soldado quando ele vira tenente. O poder corrompe os fracos, os sem personalidades. Quem tem dignidade não se deixa levar pelo sistema, há poucos exemplos de seriedade na nossa política local, mas essa minoria prova que só os indignos se corrompem." Felipe Guerra - O Nobel Filipense

    A fome pelo poder, pelo dinheiro, é o que tem acabado com o nosso país. Passar por cima das pessoas, fazer qualquer coisa para chegar lá, tem se tornado habitual.

    Vejo nas redes sociais todos os dias, ameaças, fofocas, enfim uma verdadeira guerra. Material de denúncia, de todos os tipos e áreas, chega diariamente na nossa redação. Uns com certo fundamento, outros com provas concretas, outras meras suspeitas. Nas mãos de pessoas sem caráter isso seria uma bomba atômica, carta na manga, alvo de chantagem. Mas o que ganharíamos com isso? Nos igualar a esses tipinhos. E pra quê? Pelo poder? Não obrigada!

    Prefiro continuar sofrendo na minha Utopia, pelo menos consigo dormir todas as noites, olhar na cara das pessoas, e principalmente no olhos de meu filho que sei que estará levando pra sua vida um exemplo de como ser um homem de caráter.

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape