Oktoberfest segue sem prestação de contas

Oktoberfest segue sem prestação de contas Destaque

Sem receber pelo serviço de decoração, prestadora de serviço contratada pela festa deixa de retirar os enfeites nas ruas e prefeitura acaba tendo que assumir o ônus do trabalho que deveria ser pago pelos organizadores do evento

O secretário de Infraestrutura, Wanderlei Massuci, revela que o prefeito solicitou a ele a retirada dos enfeites da Oktoberfest que estavam na Av. Interventor Manoel Ribas. Segundo Massuci a pessoa contratada para fazer a decoração da festa também deveria retirar os enfeites da rua após o término do evento, porém alega não ter recebido os valores contratados e por isso não fez a retirada dos adereços.

Após publicação do internauta, Anderson Buss Cardoso nas redes sociais cobrando providências, o jornal Manchete do Povo compartilhou o pedido que logo teve a participação de várias pessoas reivindicando explicações.

Cristiano Moreira Qual a dificuldade técnica para a remoção da decoração? Quais as implicações administrativas? Ou melhor: Há alguma justificativa para a inércia?

Alexandre Alves Me seguro para não fazer comparações, pois posso ser injusto, mas alguns erros são tão primários. Duvido que estes enfeites não dariam para serem reaproveitados se tirados antes de estragarem.

A redação tentou contato com a diretoria da festa, mas o telefone informado só “caiu” na caixa postal. O Objetivo é saber quanto foi gasto com a decoração, de onde veio o dinheiro e se realmente a responsável contratada não recebeu o combinado.

Esta prestadora de serviço também não foi localizada, até o fechamento da edição impressa do Jornal Manchete do Povo.

Há quase um mês do término do evento ainda não foi pulicada a prestação de contas e não se sabe quanto foi gasto em recursos públicos do município para apoiar a festa.

Questionado em outra oportunidade, Amilton Neno da Silva, presidente da Comissão Organizadora da Oktoberfest de Rolândia, garantiu que passará a prestação de contas para a imprensa assim que estiver pronta e responderá os questionamentos do MANCHETE DO POVO em entrevista.

O secretário de Cultura, Fernando Pina explica que da sua pasta não teve verbas despendidas, mas recursos humanos com o trabalho de servidores cedidos para a organização da festa, ele acredita que o maior gasto teria sido com o trabalho da secretaria de Infraestrutura. Por sua vez, Wanderlei, secretário da infra, ressalta que também só teve apoio através de recursos humanos.

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape