Secretaria de Saúde divulga o primeiro levantamento de LIRAa do ano

Secretaria de Saúde divulga o primeiro levantamento de LIRAa do ano Destaque

A Secretaria de Saúde de Rolândia apresenta o primeiro boletim de 2018 com dados atualizados do novo período de acompanhamento epidemiológico

Foi realizado entre os dias 23 a 26 de janeiro o primeiro Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypit (LIRAa) do ano, chegando por meio de analise estatísticas ao índice predial de 4,6%, ou seja, para cada 100 imóvel vistoriados mais de quatro imóveis foi constado a presença do transmissor.

No período epidemiológico analisado, que foi entre a primeira semana de agosto de 2017 a esta última semana de janeiro, foram registradas no município 182 notificações de suspeita de dengue, nos quais 10 casos foram confirmados. Porem, em relação a casos de Zika Vírus e Chikungunya não houve registros sobre.

Este índice mostra que o município está 3,6% acima do recomendado pela Organização Mundial de Saúde, que é 1%, enquadrando assim Rolândia em zona de risco para proliferação do mosquito, e também a transmissão das arboviroses.

Os maiores índices do Aedes aegypti foram registrado nos bairros Água Verde, São Fernando, Ernesto Francischini, José Perazolo e as proximidades do Cemitério Municipal. Os principais recipientes onde foram encontrados criadouros são vasos, frascos com água, garrafas, prato, pingadeira, bebedouros, recipientes de degelo em geladeiras, pequenas fontes ornamentais, lixo e recipientes plásticos, sucatas em pátios e ferro velhos e também entulhos de construção.

Segundo a Secretaria, ações foram direcionadas para as localidades com maior presença do Aedes, conforme o levantamento do índice apresentado. Começou a partir desta segunda (29), trabalhos de conscientização e remoção seletivas dos criadouros encontrados na cidade.

Para manter o controle no valor de 1% é necessária uma visualização diária por parte da população em seus imóveis, sendo realizado em conjunto juntamente com a administração pública o combate da proliferação dos vírus. O setor de Endemias continua realizando suas atividades para manter o controle do hospedeiro em todas as regiões da cidade de Rolândia.

Fonte Prefeitura do Município de Rolândia / colaborou no texto Rafael de Lima Rodrigues 

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

  • Ministério da saúde informa sobre controle de escorpiões em Rolândia

    Na primeira semana de janeiro, o Departamento de Vigilância em Saúde, com apoio dos Agentes de Combate a Endemias, iniciaram uma busca ativa de escorpiões nas proximidades da Unidade Básica de Saúde do Jardim Nobre.

    A busca foi realizada com base no Manual de Controle de Escorpiões do Ministério da Saúde e consistiu em verificação completa dos quintais dos imóveis delimitados e orientação aos moradores. Ao todo foram verificadas 18 residências, sendo que nenhum escorpião foi encontrado pelos agentes.

    Mas nem todos os escorpiões são de interesse em saúde pública, por exemplo, o escorpião preto pequeno (Bothriurus), comumente encontrado no município. Por outro lado, o escorpião amarelo (Tityus serrulatus) é um escorpião que pode causar acidentes graves, podendo até mesmo levar a óbito e, portanto é considerado um escorpião de interesse em saúde pública.

    Moradores que encontrarem escorpiões em suas residências devem entrar em contato com a Vigilância Sanitária pelo telefone 3906-1126.

    As principais medidas que podem ser utilizadas para controle de escorpiões.

    Deve acondicionar bem o lixo e controlar a presença de baratas e outros insetos que são a alimentação dos escorpiões. Manter quintais e terrenos limpos é fundamental, não deixem acumular de madeiras, entulhos, lixo pedras e tijolos, telhas entre outras coisas. Reboque as paredes e muros para que o pequeno escorpião não use os buracos como abrigo e transite pela sua residência. Vedar bem caixas de gordura e de passagem de fios, instalar tampas em pontos de luz, caixas de fiação e telar ralos para impedir a passagem do aracnídeo. Fique atento e seguro, sua vida vale mais que qualquer manutenção. 

    Fonte Prefeitura do Município de Rolândia / Texto colaborou Rafael de Lima Rodrigues 

  • ZIKA confirmado em Rolândia

    A Secretaria Estadual de Saúde confirmou um caso de zika vírus em uma moradora de Rolândia.

    O caso é importado, ou seja, a paciente contraiu a doença em viagem ao Mato Grosso e sentiu os sintomas no município. Ela procurou atendimento na Rede Municipal de Saúde no dia cinco de fevereiro e os exames confirmaram a doença. A paciente em questão está sendo tratada desde o momento em que foi confirmada a moléstia e passa bem.

    A Secretária Municipal de Saúde, Rosana Alves, visitou a moradora da cidade e constatou que ela vem reagindo muito bem ao tratamento. A Secretaria Municipal de Saúde vem fazendo um trabalho intensivo na cidade, visando eliminar qualquer eventual foco do mosquito aedes aegytpi.

    Com ações de orientação, prevenção e combate, em parcerias com ramos da sociedade, a Secretaria de Saúde não vem medindo esforços para confrontar o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

    Até aqui, segundo a Secretaria de Saúde, Rolândia registrou doze casos de dengue em 2016.

    Da Assessoria.

  • Sindicância da saúde confirma irregularidades

    Publicado em 23 de abr de 2014

     

    Passados 120 dias, nesta quarta (16) foi apresentado relatório confirmando o pagamento indevido de horas extras e de DSR (Descanso Semanal Remunerado) para servidores da área da saúde

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape