Começa a vigorar CNH digital no Paraná

Começa a vigorar CNH digital no Paraná Destaque

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) informa que a partir desta quinta (1°), os motoristas do Paraná poderão ter a versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

O documento é gratuito e opcional e, poderá ser feito pelo celular, por meio do aplicativo “CNH Digital”, que estará disponível a partir de amanhã para download na App Store e Google Play. A nova versão da CNH possui a mesma validade e valor jurídico que a impressa. Porém, não será permitido o acesso de mais de um documento por dispositivo.

Este serviço estará disponível apenas para os motoristas que possuem a versão impressa da CNH com o QR Code na parte interna. Esse código é encontrado nos documentos emitidos a partir de 2 de maio de 2017. Quem ainda não possui pode emitir uma segunda via que custará R$82,36, ou esperar o prazo para a renovação da habilitação.

O diretor-geral do Detran, Marcos Traad, orienta em relação ao uso do novo serviço para que não haja descuidos da parte do motorista, e também aconselha os condutores a ainda utilizarem os seus documentos impressos. “É preciso ficar atento ao funcionamento do celular: Em uma fiscalização, se o aparelho estiver descarregado, será considerado que o motorista não está de porte da CNH (...) por isso, nossa orientação é que o condutor continue usando também a CNH impressa”, diz o diretor.

Confira passo a passo de como solicitar a CNH-e:

  • Atualizar o cadastro no site do Detran, informando o e-mail e telefone.
  • Acessar o Portal de Serviços do Denatran e realizar o cadastro.
  • Ainda no Portal de Serviços do Denatran, abrir o menu “CNH Digital” e clicar em “Ativação” para receber o e-mail com código de autenticação.
  • Baixar o aplicativo “CNH Digital” no celular. O primeiro acesso será com o código de autenticação, depois será possível gerar uma nova senha com quatro dígitos.
  • Certificação digital: quem tiver um certificado digital, como o e-CPF, não precisa comparecer a uma unidade de atendimento do Detran para a atualização de dados e pode fazer a solicitação diretamente no portal do Denatran, seguindo as etapas a partir do passo 2.

Fonte Departamento de Trânsito do Paraná / colaborou no texto Rafael de Lima Rodrigues 

Sobre o Autor

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Itens relacionados (por tag)

  • Irmãs são presas por venda de diplomas e CNH via WhatsApp em Londrina

    Duas irmãs de 29 e 36 anos, suspeitas de integrar uma quadrilha responsável pela comercialização e falsificação de documento público e particular, foram presas na segunda-feira (19) em Londrina.

    A polícia chegou até as irmãs através de redes sociais e outros aplicativos que elas utilizavam para oferecer e negociar a comercialização de documentos fraudulentos. A mulher de 29 anos foi presa em sua residência, no jardim Bandeirantes, zona oeste da cidade, enquanto a irmã foi detida em casa no Ruy Virmond Carnascialli,  na zona norte. Com elas, a equipe apreendeu notebooks, telefones celulares e agendas que eram utilizadas nas práticas ilícitas.

    Segundo informações policiais, o comércio ilegal era operado através da internet e do WhatsApp. A quadrilha também fazia negociação de diplomas de ensino público e privado, Carteira de Habilitação Nacional (CNH), entre outras modalidades fraudulentas.

    O delegado titular da especializada, Wallace de Oliveira Brito, afirma que o Setor de Investigação e Inteligência da delegacia, já investigava as ações da quadrilha há aproximadamente seis meses. “Já trabalhávamos em cima de diversas denúncias que chegavam até nós, dando conta do comércio ilegal desses documentos”, enfatiza.

    Brito ainda ressalta que as investigações prosseguem com o intuito de identificar demais pessoas envolvidas com a ação criminosa, bem como os beneficiários do esquema fraudulento.

    A dupla foi indiciada por estelionato e associação criminosa. As irmãs estão presas temporariamente na Delegacia de Estelionato, onde aguardam à disposição da Justiça.

    Fonte:http://massanews.com/

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape