Rodrigo Stutz

Rodrigo Stutz

Sou formado em Marketing & Propaganda (2004) e também em Jornalismo (2015) pela Unopar. Trabalho com Comunicação Social há mais de 15 anos e sou  proprietário do Jornal Manchete do Povo.

Segunda, 30 Outubro 2017 10:50

Outubro Rosa ganha mais uma força

Esteticista faz campanha e doa maquiagem e lenços ao Hospital do Câncer

Jéssica Yumi, esteticista em Rolândia organizou uma campanha para arrecadação de fundos com objetivo de adquirir produtos de beleza e estética a fim de melhorar a autoestima das mulheres que sofrem com o câncer. “A ideia surgiu porque sabemos o quanto a mulher é vaidosa e queria de alguma forma trazer a beleza delas de volta”, explica Yumi.

O dinheiro foi arrecadado através de doação em caixinhas feitas gratuitamente pela empresa Gift Placas e colocadas em vários pontos do comércio como na Padaria Roland.

Com a quantia final ela comprou batons e lenços para cabeça que foram entregues no Hospital do Câncer no último dia 25, com a ajuda de sua amiga Rosana Salgueiro. “Não tem preço que pague ver a alegria de volta nos rostos delas ao serem maquiadas e ao colocarem os lenços. Foi gratificante demais. Gostaria de agradecer a todos que ajudaram de alguma forma, clientes e amigos”, comemora Jéssica.

materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 1materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 2materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 3materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 4materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 5materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 6materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 7materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 8materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 9materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 10materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 11materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 12materia outubrorosa manchetedopovo mulheresemação 13

Há algum tempo, minha coluna falava sobre o politicamente correto e fui alvo de crítica na câmara de vereadores. Mas a cada dia está pior, e os temas do politicamente correto só crescem. Não podemos falar de mais nada, tudo é homofobia, preconceito!

Está um saco viver nessa sociedade. Como disse um pastor que admiro demais: “Está uma bagunça. Sodoma e Gomorra perderam feio para os dias de hoje”! Meia dúzia de pessoas revoltadas quer impor à toda sociedade a libertinagem, o pode tudo, libera geral. A forma como fui criada até hoje eles querem colocar como errado e até mesmo como crime.

É tanto assunto variado que não consigo nem centralizar um. É mídia tentando enfiar goela abaixo a homossexualidade, é gente que acha que é artista querendo esfregar na cara de todos o nudismo, a esquerda querendo liberar sexo para todas as idades, ou seja, querem que tudo seja normal, libera tudo.

Meu marido reagiu a uma postagem das redes sociais essa semana e nem mesmo os “esquerdopatas” conseguiram responder. A postagem se referia à prisão de um rapaz que abusara sexualmente de uma mulher no ônibus. Ele então reagiu de forma sarcástica. “Não tem que prender ele não, deixa livre. A moda agora não é liberar tudo? Sou obrigado a passear com minha família no parque e ver gente pelada na rua, o Juiz disse que não era crime um rapaz ejacular na cara de uma moça no ônibus, fazer uma roda e girar um com o dedo no ânus do outro é arte. Então pra que prender, libera o cara. Libera tudo, não é isso que vocês querem?” Ninguém mais respondeu, acabou a discussão.

Passou da hora das igrejas se levantarem e acabarem com essa zorra. Não é uma minoria sem escrúpulos que vai impor a bagunça. Homem é homem e mulher é mulher. Quer ser? Ótimo! Mas não nos obrigue a ser também e nem querer inverter que os errados somos nós. Como diz meu marido, um homem pode até virar mulher, mas vai para o resto da vida ter que fazer exame de próstata e ponto. É biológico. Vai continuar cromossomo XY.

Vamos nos levantar e nos defender. Que Deus nos dê força para lutar porque vamos precisar!

e6f2db0c-8b8d-4a40-b3e4-05dd627f272a

Segunda, 30 Outubro 2017 10:16

Bem vindos a uma nova etapa

O jornal MANCHETE DO POVO completou seis anos em julho desse ano

Desde antes de sua fundação nós já estávamos na internet com o Blog político entrevistando em VÍDEOS as personalidades do município e produzindo reportagens de relevância social. Logo começamos a fazer as transmissões AO VIVO das sessões da Câmara de vereadores através do TwitCam.

Então veio o jornal MANCHETE e com ele mais responsabilidades e muito trabalho. Unindo o veículo tradicional com um formato digital fomos pioneiros nessa prática na cidade de Rolândia.

Vanguardistas, desbravamos o campo do AO VIVO na internet também em reportagens de rua mostrando em primeira mão os fatos e acontecimentos. Apesar de todas as dificuldades técnicas e financeiras tentamos sempre melhorar e aprimorar nossas aparições.

Ainda engatinhamos em busca de um serviço de excelência, mas sempre com humildade buscamos nosso espaço no mercado. Às vezes erramos, mas sempre procuramos nos redimir e assumir as responsabilidades de nossos atos.

Criamos a RWM – Rádio Web Manchete já há alguns anos, que está no AR 24 horas com boa música e um pouco de informação, ainda de forma tímida, mas um projeto piloto que está crescendo gradativamente.

A partir da Rádio decidimos unir os vídeos editados e publicados em nosso canal do YouTube e reportagens que sempre produzimos no jornal com o AO VIVO e formamos então um pequeno estúdio com transmissão de som e imagem.

Desde então equipamos um pouco mais a redação e comecei a fazer informes esporádicos direto do estúdio. Mas agora, surge uma nova etapa de todo esse processo, pois novos parceiros estão se juntando a nós.

Estreou essa semana, ainda em formato de programa piloto, o “Resenhas do Esporte” apresentado por Bruno Leandro. Uma programação voltada aos acontecimentos internacionais, nacionais e locais. Com uma grande ênfase ao time rolandense “Rolândia Esporte Clube”, Bruno também pretende tratar do esporte amador, torneios e das mais variadas modalidades do município incentivando a prática do esporte e divulgando os nossos atletas.

Novos parceiros já começam a aparecer e em breve uma programação começará a criar corpo fazendo assim parte da nossa evolução profissional buscando sempre informar e ser útil para a sociedade, procurando ajudar a fazer de nossa comunidade um lugar melhor para se viver.

Então a partir de agora você tem um compromisso marcado com o esporte. Todas as segundas, quartas e sextas, das 19h às 20h o programa Resenhas do Esporte com Bruno Leandro. Ouça através do site www.manchetedopovo.com.br clicando na RWM – RÁDIO WEB MANCHETE e assista no www.facebook.com/manchetedopovo.

Ganhadores ingresso Resenhas do Esporte

Bruno Leandro com os ganhadores dos ingressos para o jogo do REC, Andre Fabiano Silva, Lorayne Silva e

Lucimara Cristina Silva. Eles participaram do Programa Resenhas do Esporte desta quarta (25)

Fato pacífico, o fornecimento de energia elétrica possui natureza ‘uti singuli’ isto é, trata-se de um serviço de utilização individual, que recai exclusivamente sobre a pessoa de seu usuário, conforme leciona Hely Lopes Meireles:

“Serviços ‘uti singuli’ ou individuais: são os que tem usuários determinados e utilização particular e mensurável para cada destinatário, como ocorre com telefone, a água e a energia elétrica domiciliares”. (Direito Administrativo Brasileiro, São Paulo: Malheiros, 29º Ed., 2004, p. 323).

Neste sentido, a relação de consumo de energia elétrica é uma obrigação definida como  ‘propter personam’, ou seja, de caráter pessoal. Ela está restrita à concessionária de energia elétrica e o inquilino/consumidor. Esta é, aliás, a sistemática definida no Art. 113, Inciso I, da Resolução 456/2000, da ANEEL:

Art. 113. O encerramento da relação contratual entre a concessionária e o consumidor será efetuado segundo as seguintes características e condições:

I - por ação do consumidor, mediante pedido de desligamento da unidade consumidora, observado o cumprimento das obrigações previstas nos contratos de fornecimento, de uso do sistema e de adesão, conforme o caso; 

Note-se que a Resolução em epígrafe é taxativa: “Por ação do consumidor, mediante pedido de desligamento”. Pois bem: Este também é o posicionamento unânime dos Egrégios Tribunais Pátrios, senão vejamos os seguintes Acórdãos:

TJ-SC: O débito de energia elétrica, por ser de natureza pessoal e não real, vincula-se à pessoa do devedor e não ao imóvel para o qual foi prestado o serviço. Apelação Cível  427771 SC 2007.042777-1 Data de publicação: 30/06/2009: 

TJ-RS: A obrigação decorrente de fornecimento de luz é propter  personam, isto é, de natureza pessoal, pois se vincula às partes que firmaram o contrato de prestação de serviços.  Apelação Cível Nº 70038791455, Vigésima Segunda Câmara Cível- Relator: Maria Claudia Cachapuz, Julgado em 10/12/2015.

Com efeito, consoante a Lei, Doutrina e a Jurisprudência, a dívida decorrente dos serviços de energia elétrica configura-se obrigação ‘propter personam’, de caráter pessoal, e não ‘propter rem’, ou seja, não acompanha o imóvel. Neste sentido também é o entendimento do Superior Tribunal de Justiça:

O débito tanto de água como de energia elétrica é de natureza pessoal, não se vinculando ao imóvel. A obrigação não é ‘propter rem’. (STJ, REsp 890572, Rel. Min. Herman BENJAMIN, Data de Publicação 13/04/2010).

Assim sendo, terminada a relação locatícia é responsabilidade exclusiva do inquilino requerer a alteração da titularidade da Unidade Consumidora, sendo incabível indenização por danos materiais e morais em caso de sua desídia:

TJ-SP: Terminada a relação locatícia, cabe ao locatário do imóvel requerer a alteração da titularidade da unidade consumidora de energia elétrica, sendo incabível indenização por danos morais. (Apelação nº 0004421-93.2011.8.26.0019, Rel. Des. Cesar Lacerda, 28.ª Câm.Dir.Priv., j.10.6.13, v.u.)

Com efeito, ao não proceder na forma exigida pela Lei e pelo Contrato de Locação o locatário assume integralmente os ônus de sua negligência:

TJ-SP: “O maior interessado em alterar o cadastro ou cancelar o contrato de fornecimento de energia elétrica é o autor, que, não o fazendo, assumiu o risco de ter seu nome inscrito nos órgãos de proteção ao crédito, como de fato ocorreu” (Apelação nº 0003687-06.2012.8.26.0344, Rel. Des. Adilson de Araujo, 31.ª Câm.Dir.Priv., j.9.4.13, v.u.) 

Conclusão: É responsabilidade do locatário proceder a transferência da titularidade e o pagamento das faturas de água e luz do imóvel locado. Ao negligenciar suas responsabilidades ele assume os ônus de sua desídia. 

https://blogdopaulofarina.blogspot.com.br

Paulo Augusto Farina é Advogado e Corretor de Imóveis.

Auxiliar de Linha de Produção (PCD-PESSOA COM DEFICIÊNCIA)

Chefe de Serviços de Limpeza

Costureira de Máquinas Industriais

Encarregado de Manutenção

Extrusor de Plástico

Ferramenteiro

Motorista de Caminhão

Preparador Físico

Preparador Físico (ESTÁGIO)

Supervisor de Vendas Comercial

Técnico de Apoio ao Usuário de Informática (helpdesk)

Técnico de Enfermagem

Vendedor Interno

Zelador (PCD-PESSOA COM DEFICIÊNCIA)

 

Agência do Trabalhador de Rolândia
Avenida Expedicionários, 604 - Telefone: 3255-1118
Horário de atendimento das 08h as 14h.

2,4 milhões é o valor acumulado em multa que a prefeitura poderá ter que pagar por não oferecer vagas para todas as crianças do município na educação infantil. A cada mês que passa o valor aumenta em 200 mil e o executivo estuda a possibilidade de reduzir para meio período o atendimento das creches para aumentar o número de vagas

Uma Ação Civil Pública ingressada em 2014 pela 3ª Promotoria de Justiça de Rolândia exige que a prefeitura atenda a todas as crianças do município, como rege a constituição federal. Porém o executivo alegou na época não ter condições de cumprir a determinação e recorreu, porém, perdeu e em 12 de agosto de 2015 a juíza Nayara Rangel Vasconcellos deliberou que o gestor público criasse vagas para atender a lista de espera que chega a 1.100 crianças.

Na sentença ainda ficou estipulada uma multa de 200 mil reais para cada mês que a prefeitura não cumprisse a determinação. Mais de um ano se passou e a multa acumulada chega a 2,4 milhões.

A 3ª Promotoria de Justiça de Rolândia, através do Dr. Evandro Augusto Dell Agnelo Santos, explica que a ação já transitou em julgado no ano passado e agora ele está executando a sentença o que pode determinar o pagamento da multa caso não seja aberta as vagas nas creches. “Segundo o próprio município hoje nós temos 50% das crianças fora das creches”, aponta.

O secretário de Educação, Claudio Martins de Pinho, relata que atualmente o município atende cerca de 2.500 crianças de 0 a 5 anos em nove CMEIS (Centros Municipais de Educação Infantil) em período integral. Estima-se uma lista de espera não oficial de 1.100 crianças, porém ele afirma que o corpo técnico da secretaria ainda está fazendo o levantamento exato. “Depois de verificarmos qual exatamente é a demanda reprimida vamos tomar as devidas providências para o cumprimento desta sentença”, ressalta.

O secretário garante que acomodar todas as crianças é uma ação que demanda grande investimento e a atual administração está há poucos meses no cargo, então não tem como construir mais CMEIs e contratar mais profissionais em tão pouco tempo.

Uma das últimas alternativas seria a redução do atendimento para meio período abrindo assim o dobro de vagas, mas o secretário garante que essa solução somente será tomada se não tiver outra forma de cumprir a sentença, visto que o prejuízo para o erário seria enorme diante da multa determinada. “É uma preocupação do prefeito manter a creche em período integral”, reafirma.

No dia nove do próximo mês está prevista uma audiência de conciliação no fórum de Rolândia com objetivo de definir as ações que deverão ser tomadas para evitar o pagamento da multa e atender o MP. “Estamos tomando toda a cautela em atender a sentença de modo responsável”, finaliza o secretário.

Um acidente grave foi registrado na manhã desta Segunda feira (30), por volta das cinco e meia da manhã.
Foi acionado o corpo de bombeiros para o atendimento de uma colisão frontal envolvendo uma carreta e um veiculo Astra no Contorno Norte em Rolândia, próximo ao residencial Araucária, saída de Rolândia pra Cambé.

Informações que no carro havia um casal, uma mulher foi encaminhada ao Hospital São Rafael e a segunda vítima entrou em óbito no local.

De acordo com informações repassadas no grupo de Whatsapp NR Noticias, o nome das vitimas envolvidas no acidente, Sr. Aldori Batista de 43 anos e sua esposa Sandra lemes pedro de 33 anos, são moradores de Rolândia.

Fotos reprodução Whatsapp

FATAL 1FATAL 2FATAL 3FATAL 4

370a2821-2d60-40b6-8d0f-fd6976a3e648

d53260d5-f40e-46ed-87da-9cb737f80be1f673b8fa-ce18-4a29-82c2-4902ab685b01

 

Uma briga entre dois irmãos, terminou com um ferido no início da noite desta quinta-feira (26), na rua Afonso Camargo, no jardim Teresópolis, em Rolândia. A confusão teria começado por conta de um aparelho celular.

Wilson Pedro Paz da Silva, de 20 anos, foi agredido Valdenir Paz da Silva, de 37 anos, com um cabo de vassoura de alumínio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima apresentava lesões nas costas e foi encaminhado até ao hospital São Rafael com uma suspeita de fratura de costela. 
Quando a Polícia chegou no local, ambos entraram em acordo e o irmão agredido não quis representar contra o irmão agressor. 

Fonte: Portal Rolândia 190

 
 
 

 

O Centro de Educação Infantil Aquarela realizou neste último sábado dia (21) a 3ª Feira do Conhecimento

As crianças da Escola Aquarela desenvolvem durante o 3° bimestre estudos sobre diversos temas para serem abordados na Feira. Ao final as turmas organizaram junto com os professores as apresentações dos assuntos em salas de aula decoradas e preparadas para apresentar aos pais e visitantes que se encantaram com os pequenos palestrantes.

O Berçário e Mini maternal falou sobre Animais. Música na Escola foi a apresentação feita pelo Maternal. Já os níveis 4 e 5 interagiram com falando sobre os sentidos. Histórias infantis contadas pelos alunos do Nível 5 deram um tom lúdico à Feira e o Duelo de gerações fizeram os pais refletirem com os pensadores do nível 6.

A 3ª Feira do Conhecimento contou com a participação e o envolvimento dos alunos e da família, pois acredita na importância da participação dos pais nessa fase do desenvolvimento da criança na escola. “Ficamos muito contentes em ver cada um apresentar o seu trabalho. Agradecemos mais uma vez a todos pela participação”, finalizam as diretoras Danielle e Juliana Friguetto.

Confira as fotos: 

Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 1Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 2Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 3Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 4Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 5Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 6Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 7Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 8Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 9Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 10Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 11Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 12Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 13Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 14Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 15Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 16Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 17Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 18Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 19Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 20Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 21Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 22Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 23Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 24Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 25Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 26Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 27Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 28Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 29Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 30Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 31Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 32Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 33Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 34Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 35Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 36Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 37Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 38Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 39Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 40Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 41Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 42Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 43Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 47Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 48Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 49Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 50Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 51Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 52Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 53Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 54Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 55

Fotos Henrique São João Stutz

Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 44

Feira Conhecimento Aquarela Materia Manchetedopovo Rolândia site 45

 

 

Localização

Rua: Alfredo Moreira Filho
N°: 362
CEP: 86600-003
Rolândia - PR

Mapa

O Jornal

Manchete do Povo - Mais de 3 mil exemplares todos os sábados em mais de 140 pontos da cidade.

Contato

Telefone: (43) 3016 0201

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fale conosco

News Letter

Receba nossas novidades por e-mail

logo-manchete-do-povo-rodape