Faturamento da maioria das empresas paranaenses sofrem queda durante a pandemia

Um boletim divulgado em conjuntos pelas Secretarias de Fazenda e a de Planejamento e Projetos Estruturantes do Estado do Paraná, divulgou nesta sexta-feira (3), um boletim que analisou o faturamento das empresas registradas no estado, entre  os meses de Abril e maio deste ano

O levantamento revelou uma queda nas vendas de 68% em abril e 59% em maio, mês no qual houve uma vigorosa retomada de algumas atividades. Nesses dois meses, entretanto, alguns estabelecimentos como os setores de supermercados, eletrodomésticos e moveis, houve um crescimento de 29% em abril e 37% em maio.

Sem dúvida de acordo com o relatório, o setor mais afetado pela pandemia foi o de restaurantes, que registraram perdas acima de 50% no fluxo financeiro e em alguns casos ultrapassou 80%.

Segundo o boletim o mês de junho na comparação ao mês de maio foi melhor, a emissão de notas fiscais subiu e é de acordo com a análise o melhor mês desde o inicio da crise.

Um boletim divulgado em conjuntos pelas Secretarias de Fazenda e a de Planejamento e Projetos Estruturantes do Estado do Paraná, divulgou nesta sexta-feira (3), um boletim que analisou o faturamento das empresas registradas no estado, entre  os meses de Abril e maio deste ano

O levantamento revelou uma queda nas vendas de 68% em abril e 59% em maio, mês no qual houve uma vigorosa retomada de algumas atividades. Nesses dois meses, entretanto, alguns estabelecimentos como os setores de supermercados, eletrodomésticos e moveis, houve um crescimento de 29% em abril e 37% em maio.

Sem dúvida de acordo com o relatório, o setor mais afetado pela pandemia foi o de restaurantes, que registraram perdas acima de 50% no fluxo financeiro e em alguns casos ultrapassou 80%.

Segundo o boletim o mês de junho na comparação ao mês de maio foi melhor, a emissão de notas fiscais subiu e é de acordo com a análise o melhor mês desde o inicio da crise.

Sobre os postos de Emprego  

 Segundo o boletim, o Estado do Paraná perdeu 23.856 empregos e o resultado acumulado do ano é 47.696 postos de trabalho a menos. Mesmo assim o Paraná registrou menos demissões que os estados vizinhos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Você pode acessar o boletim completo no link :

http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=107737&tit=Maioria-das-empresas-paranaenses-perdeu-faturamento-na-pandemia

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.