Hino do REC embala sonho do acesso

No quadrangular semifinal, em que o campeão da chave garante vaga na primeira divisão do estadual em 2019, o REC largou com vitória ao bater o Independente FSJ por 1×0 e, assim, deu ao clube a liderança da chave com 3 pontos, mesma pontuação do Cascavel, que venceu o Paranavaí por 2×1. O REC vem no embalo de três jogos de invencibilidade no comando de Claudemir Sturion e sonha com o acesso.

Se no campo, Sturion e Dirceu Matos seu auxiliar dão o tom do bom momento, com o maestro Léo Maringá no meio campo, fora dele, a canção que traz a esperança é o Hino do REC: tocado todas as vezes que o time entra em campo no Erich Georg e que vem sendo muito elogiado pelos torcedores.

A letra do hino é do Jornalista Guilherme Lima, Assessor de Imprensa da Prefeitura de Rolândia, e a música é de Wilson Juarez. Segundo Lima, o hino agrega a história da cidade e projeta os feitos do clube. “Faltando poucos dias para a estreia na Terceira Divisão do ano passado, conversei com a direção do REC e confirmei que ainda não tinha um hino. Escrevi uma letra que cria uma identidade com a cidade e a torcida e que foi prontamente aceita pela diretoria. O Wilson Juarez musicou e deu tempo de ficar pronto para o primeiro jogo”, conta.

A letra traz a história da cidade, seu povo, sua gente e busca descrever a emoção que a torcida passa das arquibancadas para o campo. “Tanto no estádio quanto nas rádios, o hino ficou bonito e contagia. É emocionante ver o torcedor cantarolando. Cria uma marca e uma empatia do clube com a cidade”. Guilherme Lima destaca que o hino foi elogiado por radialistas que transmitem os jogos do REC, tanto da cidade quanto de outros municípios.

Ele conta que tem um sonho: ouvir o hino sendo tocado nos grandes campeonatos em que o REC jogar, tanto no âmbito estadual quanto nacional. “A cidade merece e comporta um time na elite do Paraná e, porque não, disputando campeonatos em nível nacional? Municípios menores do que Rolândia como Lucas do Rio Verde-MT e Tombos-MG tem clubes na terceira divisão do futebol brasileiro e porquê Rolândia não pode sonhar também?”, projeta.

O REC volta a campo neste domingo, 15h30, contra o Paranavaí, fora de casa. Depois fará dois jogos seguidos em casa: Cascavel dia 8 e Paranavaí dia 15 no Erich Georg. Depois vai encerrar sua participação com duas partidas fora de casa: Cascavel e Independente. O clube está a cinco jogos de voltar a colocar Rolândia na elite do futebol do Paraná, o que não acontece desde 2013. Cabe a cidade encher o Erick Georg, abraçar o clube que hoje representa o município e torcer para voltar a receber grandes adversários como o Londrina, Maringá, Atlético, Coritiba entre outros.

Vale lembrar os torcedores que os ingressos custam dez reais. E vale também conhecer a letra e a música do hino do REC.

Ouça o hino:

Confira a letra aqui:

HINO REC

 

ROLANDIA ESPORTE CLUBE

SEMPRE FIEL TORCEDOR

EM CADA JOGO ESTOU CONTIGO

REC, REC MEU AMOR

 

ROLANDIA ESPORTE CLUBE

TIME FORTE E VENCEDOR

ORGULHO DA CIDADE

REC, REC MEU AMOR

 

VIVA O NORTE DO PARANÁ

DO POVO FORTE E DA FÉ

EM ROLÂNDIA, CIDADE DE IMIGRANTES

CONSTRUÍDA COM A ALMA DO CAFÉ

 

DA EUROPA OS VALENTES GERMANOS

E DE OUTROS POVOS QUE FORMARAM A TRADIÇÃO

NO ESPORTE DA UNIÃO DE MUITA GENTE

SURGIU O REC PARA ALEGRAR O CORAÇÃO

 

ROLANDIA ESPORTE CLUBE

SEMPRE FIEL TORCEDOR

EM CADA JOGO ESTOU CONTIGO

REC, REC MEU AMOR

 

ROLANDIA ESPORTE CLUBE

TIME FORTE E VENCEDOR

ORGULHO DA CIDADE

REC, REC MEU AMOR

 

NO ERICK GEORG O POVO CANTA

TORCIDA UNIDA FAÇA CHUVA OU FAÇA SOL

REC QUERIDO SUA GARRA E HABILIDADE

VALORIZAM O PAÍS DO FUTEBOL

 

SEMPRE ALEGRE PORQUE O REC É MEU MOTIVO

DAS CONQUISTAS E GRANDEZA

ENTÃO EU DIGO, VIVA O REC!!

MEU TIME, MEU ORGULHO COM CERTEZA!

 

ROLANDIA ESPORTE CLUBE

SEMPRE FIEL TORCEDOR

EM CADA JOGO ESTOU CONTIGO

REC, REC MEU AMOR

 

ROLANDIA ESPORTE CLUBE

TIME FORTE E VENCEDOR

ORGULHO DA CIDADE

REC, REC MEU AMOR

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.