Balanço: Polícia Civil e Militar do Paraná apreenderam 70 toneladas a mais de drogas no primeiro semestre

Um balanço divulgado nesta terça-feira (28) pela Secretaria da Segurança Pública do Paraná, mostrou que o primeiro semestre de 2020 em relação ao ano anterior superou em 128,3% a quantidade de drogas (cocaína, maconha e crack) apreendidas no estado.

Em 2019 no primeiro semestre foram apreendidas 54,5 toneladas. Já em 2020 no mesmo período, foram apreendidas 124,6 toneladas de drogas.

Para o secretário da Segurança, Romulo Marinho Soares, é fundamental o trabalho de prevenção e combate às drogas através das forças de segurança do Paraná, para conseguir também diminuir a violência. “Combater o uso e o tráfico de drogas também é combater a violência”, afirmou o secretário.

O aumento foi significativo para vários tipos de entorpecentes. Em 2019 as polícias militar e civil apreenderam 661,2 de cocaína, contra 1,8 tonelada de cocaína (1.886 quilos) no primeiro semestre de 2020

O mesmo aconteceu com a Maconha, no comparativo entre 2020 e 2019, aumentou de 53,1 para 121,6 toneladas da droga, um aumento de 128,7% nas apreensões.

Também foi apreendido uma maior quantidade de crack em relação ao ano anterior, o aumento chegou a 46,3%. No primeiro semestre de 2019, foram apreendidos 737,7 quilos de crack, já no mesmo período neste ano em relação ao ano anterior, alcançou a marca de 1,07 toneladas de crack apreendido.

No entanto, nesse balanço de 2020 comparado ao primeiro semestre de 2019 , foi possível notar uma queda nas apreensões de  algumas drogas sintéticas.

O ecstasy teve uma redução de 19,8% nas apreensões, caiu de 32,4 para 25,9 mil comprimidos. Já as apreensões de LSD diminuíram de 21,6mil para 8,8 mil pontos, uma queda de 59,3%.

 

O aumento foi significativo para vários tipos de entorpecentes. Em 2019 as polícias militar e civil apreenderam 661,2 de cocaína, contra 1,8 tonelada de cocaína (1.886 quilos) no primeiro semestre de 2020

 

O mesmo aconteceu com a Maconha, no comparativo entre 2020 e 2019, aumentou de 53,1 para 121,6 toneladas da droga, um aumento de 128,7% nas apreensões.

Também foi apreendido uma maior quantidade de crack em relação ao ano anterior, o aumento chegou a 46,3%. No primeiro semestre de 2019, foram apreendidos 737,7 quilos de crack, já no mesmo período neste ano em relação ao ano anterior, alcançou a marca de 1,07 toneladas de crack apreendido.

No entanto, nesse balanço de 2020 comparado ao primeiro semestre de 2019 , foi possível notar uma queda nas apreensões de  algumas drogas sintéticas.

O ecstasy teve uma redução de 19,8% nas apreensões, caiu de 32,4 para 25,9 mil comprimidos. Já as apreensões de LSD diminuíram de 21,6mil para 8,8 mil pontos, uma queda de 59,3%.

 

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

 

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.