Menina que teve corpo queimado por primo morre em Londrina

A pequena Eloá, de 7 anos, que teve 48% do corpo queimado pelo primo no Jardim Leonor, em Londrina, morreu na manhã desta segunda-feira (23). O crime aconteceu no dia 23 de agosto e desde então a menina estava internada no Hospital Universitário (HU) de Londrina.

Segundo relatos de vizinhos ao Corpo de Bombeiros, Alan Victor Lucas, de 22 anos, primo de Eloá, teria colocado a menina em cima de fogão. O rapaz estaria em surto psicótico e teria também agredido a criança, pois foram ouvidos gritos e encontrados tufos de cabelos na garagem da residência. De acordo com a Polícia Civil, a menina morava na residência com a mãe, uma tia e os dois primos.

A menina foi socorrida por vizinhos, que utilizaram uma mangueira para apagar as chamas e acionaram a Polícia Militar (PM). Alan teve a prisão preventiva decretada no final de agosto. Durante o depoimento à polícia, ele chorou incontrolavelmente e afirmou que não se lembrava do ocorrido.

Foto: Alberto D’Angele/RPC

FONTE: COBRANEWS

POSTAGEM ORIGINAL

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.