Câmara de vereadores de “cara” nova sem custo algum ao erário

O ganho de qualidade foi principalmente para a população que procura atendimento dos vereadores e para os servidores que agora terão mais funcionalidade nas atividades do dia a dia. O diretor da Câmara Municipal de Rolândia, Reginaldo Burhoff,  explica que a necessidade inicial era aumentar o número de salas para acomodar os gabinetes dos vereadores e organizar os setores administrativos da instituição. Porém o projeto acabou indo muito mais além da parte funcional. Ocorreu então um enorme ganho estético para a sede do poder legislativo que agora está mais imponente e acolhedor.

A arquiteta e urbanista responsável pela obra, Emanuelle Kamimura Canonico, ressalta que pensou na praticidade que as funções do legislativo exigem na hora de atender ao público, mas também se preocupou em dar um estilo moderno ao prédio renovando a forma que a casa de leis é apresentada.

Com a ampliação a câmara gora conta com mais quatro salas, um banheiro, novo piso no plenário além dos assentos que já haviam sido trocados. Separados em departamentos o trabalho dos servidores terá maior rendimento, sete setores que passam pela assessoria legislativa, procuradoria jurídica, assessoria de comunicação, assessoria parlamentar, contabilidade, controle interno, protocolo e recepção. Em especial este último setor será adequada logo na entrada diminuindo o tempo de espera da população que procura a casa.

O prédio, além de ampliado está sendo todo restaurado com a pintura completa em todos os ambientes. A fachada moderna agora tem um motivo especial que remete às cores da bandeira nacional iluminada com luzes de LED durante a noite. O pavilhão das bandeiras ganhou um local de destaque que pode ser visto também pelos motoristas seguindo o sentido da rua Duque de Caixas. As samambaias na entrada convida a população a se sentir à vontade em um ambiente planejado e agradável. Ainda na área externa uma nova calçada deu mais acessibilidade às pessoas que precisam chegar ao local.

Reginaldo revela que a reforma foi feita pela Imobiliária Rolândia, dona do prédio e por isso não teve custo nenhum para o poder legislativo. Alugado desde 1998 a reforma e ampliação durou cerca de quatro meses.

site 1site 2 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.