Mais uma morte que poderia ser evitada

Acidente tira vida de motociclista na manhã desta quinta feira em Rolândia

O fato é que a via é perigosa e vários acidentes acontecem ali há décadas onde pais, mães e filhos morrem na BR 369 quando uma simples mureta dividindo a pista poderia ser a solução para evitar acidentes graves que colocam em risco a vida de milhares de pessoas que passam por lá todos os dias.

O trecho, que vai desde a rotatória em frente a DORI até a saída de Rolândia para Londrina já registrou inúmeros acidentes e ainda aguarda uma atitude dos responsáveis. A população pergunta o que deve estar fazendo as autoridades que ainda não tomaram uma providência.

A instalação de uma mureta dividindo as pistas ainda não saiu do campo das promessas. Em reportagens anteriores o prefeito, Luiz Francisconi Neto, informou que já esteve em Curitiba conversando com Nelson Leal, diretor do D.E.R. e com o Flávio Simões que trabalha na área técnica, e em Londrina com Sergio Selvatici, Superintendente Regional.

Em todos os contatos Francisconi solicitou projetos de sinalização horizontal e vertical, implantação de New-Jersey (mureta), redutor de velocidade, uma rotatória no cruzamento do contorno que dá acesso ao Parque industrial Bandeirantes, além de melhorias na pavimentação. A iluminação também é uma melhoria que será feita, mas esta por conta da prefeitura de Rolândia.

Esta semana o prefeito afirmou que o projeto já está pronto em Curitiba na Secretaria de Infraestrutura e Planejamento. Ele garante que terça (24) estará com o Deputado Cobra Repórter em uma reunião com o Secretário Pepe Richa para bater o martelo e iniciar as obras.

Pode ser que na terça-feira já tenhamos a autorização oficial para iniciar o processo licitatório, prevê.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.