Vereador de Jataizinho tem mandato cassado por homofobia

A Câmara Municipal de Jataizinho, na Região Metropolitana de Londrina, cassou o mandato do vereador Toninho Brandão (PTC) por seis votos a dois.

A sessão que definiu a cassação do mandato do político deveria ter acontecido em 9 de setembro, mas depois de várias confusões e adiamentos, ela aconteceu nesta terça-feira (24). Vereadores acusaram o presidente da casa, Maurilio Martielho, que é tio de Brandão, de tentar impedir o resultado e foram à Justiça para garantir o andamento da comissão processante contra o sobrinho.

A comissão contra o vereador foi aberta em outubro do ano passado após ele agredir verbalmente outro vereador, Igor Sabará (PTC), com insultos homofóbicos. Sabará processou Toninho e ingressou com o pedido de abertura da CP que culminou na cassação dele.

A sessão foi realizada depois que a juíza Sonia Leifa Yeh Fuzinato, da Vara da Fazenda Pública de Ibiporã, determinou que a Câmara de Jataizinho realizasse a terceira sessão de julgamento. A juíza também decidiu que Maurílio não conduziria os trabalhos como presidente da casa.

FONTE: 24H LONDRINA

POSTAGEM ORIGINAL

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.