Greve dos caminhoneiros continua

Reunião na Casa Civil entre Abcam (Associação Brasileira de Caminhoneiros) e governo federal terminou sem acordo.

Nesta quinta-feira (24) foi realizada uma reunião entre o ministro dos Transportes, Valter Casemiro, o ministro da secretaria de governo Carlos Marun e o diretor geral da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Mário Rodrigues.

 

O objetivo da reunião, que começou às 14h era chegar a uma negociação que colocasse fim na greve dos caminhoneiros, porém terminou, pouco depois das 17 horas, sem consenso.

Ao final da reunião o presidente, Michel Temer, pediu aos caminhoneiros uma trégua de três dias na paralização com a promessa de que uma solução seria dada.

Ouça entrevista com Carlos Della Rosa ( Presidente Sindicato dos Caminhoneiros de Londrina e região)

 

 

 

A trégua não foi concedida e, segundo Carlos Della Rosa, presidente do sindicato dos caminhoneiros de londrina e Região, a greve continua até que ocorram as mudanças na política de reajustes dos combustíveis da Petrobrás (medida que o governo refuta) a redução da carga tributária para o diesel (que está em negociação).

Ele revela que uma nova reunião deve acontecer na tarde desta quinta às 14h e aguarda uma decisão dos representantes em relação às pautas da greve.

Assista ao vivo, Greve dos caminhoneiros recebe o apoio dos produtores rurais e motoristas de van em Rolândia

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.