Livros didáticos são definidos na rede municipal de educação em Rolândia

De tempos em tempos, as escolas da rede pública brasileira passam pelo mesmo ritual: a seleção das publicações que vão complementar os estudos dos alunos e ajudar o professor a ensinar. Esse processo faz parte do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) e é organizado por segmento. Este é um momento formativo de extrema importância e deve propiciar uma análise criteriosa das obras autorizadas pelo MEC. Em Rolândia, não foi diferente. A Secretaria de Educação do município promoveu, primeiramente, um encontro com as equipes gestoras das escolas e CMEI ´s, com o objetivo de orientar os princípios que deveriam nortear as escolhas nas escolas.

 

O critério principal utilizado foi o Referencial Curricular do Paraná, já de acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a fim de evitar o risco de escolher uma coleção cuja proposta pouco ou nada tem a ver com as expectativas de aprendizagem pretendidas. Num segundo momento, as equipes gestoras se reuniram com todos os professores do Ensino Fundamental para que as escolhas fossem amplamente debatidas e acontecessem de maneira mais democrática possível.

 

Com isso, foram selecionadas as coleções para os anos iniciais do Ensino Fundamental que estarão em uso em 2019, 2020, 2021 e 2022. De acordo com afirma a Diretora Pedagógica da Secretaria de Educação, Silvana Negrão, ao fim de cada ano letivo, uma nova remessa de livros será enviada pelo MEC para as escolas municipais. Já os CMEI´s receberão livros didáticos apenas para os professores, o que também é um grande avanço. “O objetivo dos encontros foi promover também uma discussão aprofundada para que a seleção fosse feita de forma democrática e apoiada nas concepções definidas de acordo com a BNCC, o referencial Curricular do Paraná Plano e de Educação da rede”, informa.

As novidades desse ano são que os livros dos alunos do 1º ao 5º ano, passaram a ser consumíveis, ou seja, os alunos poderão escrever no próprio livro, o que antes não era permitido e que além das disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia e Ciências, foi incluída a disciplina de Arte.

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.