Notícia pela metade

Terreno do novo hospital fica próximo à estação de tratamento de esgoto e secretário dispara: Pessoas mal-intencionadas tentaram causar confusão e desgaste político diante da opinião pública, pouco se importando com a veracidade dos fatos

Assista ao video:

A Sanepar confirma que a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Bacia do Cafezal será desativada. O local está situado nas proximidades da Arcol na região onde será construído o futuro Hospital geral. Essa desativação consta no Plano Diretor de obras da Sanepar.

O pedido de confirmação foi feito pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Dário Campiolo, após polêmica gerada em alguns veículos de comunicação que afirmaram estar sendo construído um hospital ao lado de uma central de tratamento de esgoto.

O secretário destaca que a informação foi veiculada de forma leviana, pois a reportagem não o procurou. Segundo Dário pessoas mal-intencionadas tentaram causar confusão e desgaste político diante da opinião pública, pouco se importando com a veracidade dos fatos.

Ele garante que já era intenção da Sanepar desativar a estação de tratamento e que a carta assinada por Rodrigo Fernandes Junqueira, Gerente Unidade Regional de Arapongas serviu apenas para tranquilizar a população. O prefeito não seria inconsequente de instalar um hospital do lado de uma estação de esgoto, garante.

Campiolo ressalta que ali funcionará apenas uma estação elevatória onde o esgoto será bombeado para uma outra estação na bacia do Ribeirão Vermelho.

A assessoria de imprensa da Sanepar confirmou a afirmação do secretário, porém não soube precisar quando isso será feito. A ETE ainda tem a outorga de funcionamento e a desativação depende de obras de ampliações feitas na estação de tratamento do Vermelho.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.