Tenho obrigação de pagar pensão para os meus pais?

Mas aí perguntam, como assim?

Sim, o Código Civil prevê no artigo 1.696 “O direito à prestação de alimentos é recíproco entre pais e filhos, e extensivo a todos os ascendentes, recaindo a obrigação nos mais próximos em grau, uns em falta de outros.”

Vejam, a lei diz que é recíproca a prestação de alimentos, ou seja, assim como os pais tem o dever de dar alimentos aos filhos, estes também têm a obrigação de não deixar seus pais desamparados quando precisarem.

E quando os pais não foram pais presentes e nunca deram alimentos para os filhos, mesmo assim tem o dever quando os pais precisam?

Sim. A lei não diz que somente quando os pais fizeram seu dever enquanto o filho era menor ou precisava, mas sim que é dever de ambos não desamparar quando preciso.

E se eu não tiver condições financeiras? Mesmo assim terei a obrigação?

Da mesma forma que os pais, independente da renda, deve dar alimentos aos filhos, os filhos também devem aos pais. Porém, deve sempre observar o binômio necessidade/possibilidade. Os valores devem ser adequados à situação financeira do filho e à necessidade do pais ou mãe.

E se o idoso não tiver filhos?

Pois bem, conforme o artigo acima citado, caso não tenha filhos, a obrigação de cuidar e dar alimentos recai aos ascendentes, qual seja, pais, irmãos, tios. Porém vai seguindo a ordem dos mais próximos, e na falta de um, o outro continua com o dever de cuidado e alimentos.

Espero ter contribuído.

 

Siga @dra_suelyleiteviana

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.