Paraná tem mais de 1000 leitos para tratamento da Covid-19

No dia de ontem (22) o Governo Estadual anunciou que o Paraná atingiu a quantia de 1.017 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para adultos. Os leitos ampliados formam a rede de tratamento exclusivo para pacientes diagnosticados com o coronavírus e todos possuem respiradores, ventiladores e os sistemas de gases.

A nova estrutura representa um aumento de 76,5% em relação aos leitos disponíveis antes da pandemia. Toda estrutura foi montada em 130 dias e a previsão é atingir 1241 novos leitos até o mês de agosto. Essa oferta dobrará a quantidade de unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) no Paraná.

“Atuamos para expandir o quanto podemos, dentro do equilíbrio necessário e de um cronograma de investimento que levou em conta todas as dificuldades para comprar equipamentos e contratar as equipes”, afirmou o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

  Os Leitos estão distribuídos em 54 hospitais e em mais de 33 municípios do Estado. Destes 1017, cerca de 194 leitos já existiam e apenas foram remanejados para o tratamento exclusivo do Covid-19. Os outros leitos foram criados em hospitais públicos e filantrópicos nas regionais de Telêmaco Borba, Guarapuava e Ivaiporã

O governo estadual inaugurou também novas alas em hospitais universitários de Londrina (nova maternidade), Cascavel (ala de queimados), Ponta Grossa e Maringá (clínica para adultos).

O Estado ainda entregou 1.557 leitos de enfermaria, 49 UTIs pediátricas e 70 enfermarias para crianças em todas as regiões do Estado. Todos os equipamentos comprados para o tratamento da Covid-19, ficarão disponíveis para a saúde pública após a pandemia.

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.